Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Preso, Temer é alvo de dez investigações. Veja todas as acusações contra o ex-presidente

Preso, Temer é alvo de dez investigações. Veja todas as acusações contra o ex-presidente

Congresso em FocoSegundo ex-presidente da República preso por corrupção no...

STJ acolhe recurso e João de Deus será transferido para hospital de Goiânia

STJ acolhe recurso e João de Deus será transferido para hospital de Goiânia

João de Deus será transferido para o Instituto de Neurologia de Goiânia ou outro hospital...

Dono do Manaíra Shopping é preso na 3ª fase da ‘Operação Xeque-Mate’ em JP

Dono do Manaíra Shopping é preso na 3ª fase da ‘Operação Xeque-Mate’ em JP

A Polícia Federal na Paraíba e o GAECO/MP/PB, com o auxílio da Controladoria-Geral da...

FUNDAÇÃO LEMANN REALIZA PRIMEIRA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM PRINCESA ISABEL

FUNDAÇÃO LEMANN REALIZA PRIMEIRA FORMAÇÃO PEDAGÓGICA EM PRINCESA ISABEL

Representantes da Fundação Lemann desembarcaram em Princesa Isabel nesta...

Tabira: motoristas reclamam do trânsito e ameaçam protesto

Tabira: motoristas reclamam do trânsito e ameaçam protesto

Por Nill JúniorNada contra o disciplinamento do trânsito. Tudo contra o que...

 

A associação Vórtice Ciclônico de Altos Níveis e Zona de Convergência Intertropical deverá favorecer mais chuvas isoladas no interior do Estado nos próximos dias, mais precisamente entre 08 e 11 de janeiro quando chuvas isoladas deverão ocorrer em várias áreas do Cariri, Sertão e Alto-sertão da Paraíba, incluindo as regiões de Patos, Pombal, Sousa e Cajazeiras, prevê o estudioso Rodrigo Cézar Limeira.
 
Balanço de chuvas em Patos em 2018:
 
O físico, meteorologista e mestre em Meteorologia Rodrigo Cézar Limeira entrou em contato por telefone com o Escritório da Emater em Patos nesta segunda-feira 07, para ter acesso aos últimos dados de chuvas na região em janeiro de 2019, e de todo o ano de 2018.A Emater em Patos-PB fornece os dados de precipitação pluviométrica obtidos pela Embrapa, que tem um posto pluviométrico oficial no município, e também fornece esses dados para o governo do Estado da Paraíba.
 
Eis os números:
 
Durante todo o ano de 2018, foram registrados 495,8 mm de chuvas no posto pluviométrico da Embrapa situado no setor noroeste do município.
 
A média pluviométrica anual no local é de 675 mm.
 
Ainda nesta segunda-feira, o estudioso obteve os dados pluviométricos da Estação Meteorológica do Inmet, situada no Bairro do Jatobá, através do site da instituição:
 
Eis os números:
 
Durante todo o ano de 2018, foram registrados 547 mm de chuvas na referida estação meteorológica, situada no setor sul do município.
 
A média pluviométrica anual no local é de 715 mm.
 
Conforme recomenda a OMM, faz-se a média aritmética dos dois dados pluviométricos obtidos com o pluviômetro padrão Ville de Paris, com um detalhe, os dados da Estação do Inmet são obtidos via moderna estação meteorológica automática, mas calibrados a partir dos dados obtidos com o pluviômetro padrão já citado, utilizado em estações meteorológicas do mundo todo.
 
Dessa forma, o Índice Oficial de Chuvas em Patos-PB em 2018 é:
 
IOC = (547 + 495,8)/2 = 521,4 mm
 
Comparação do Índice Oficial de Chuvas com as médias pluviométricas anuais dos dois postos:
 
Como no posto pluviométrico da Embrapa a precipitação média anual é de 675 mm, e na Estação Meteorológica do Inmet é de 715 mm, logo o Índice Oficial de Chuvas em Patos em 2018 ficou abaixo da média.
 
A previsão de chuvas variando de normais a abaixo da média em Patos no corrente ano de 2018, foi realizada pelo estudioso Rodrigo Cézar Limeira e se confirmou, assim como se confirmaram também as outras previsões referentes a 2018 realizadas pelo pesquisador, ao citar 2018 como um ano de recargas melhores para a maioria dos grandes açudes do interior do Estado, em se comparando com a série de 2012 para cá. Além disso, o estudioso também previu um 2018 com chuvas ainda irregulares no semiárido da Paraíba, possibilitando boas colheitas em várias localidades, mas perdas em outras, fato também confirmado.
 
cienciaemfoco.com