Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Canal do Blog no YouTube

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

Bancos fecham na segunda e terça-feira de carnaval

Os bancos vão ficar fechados na próxima segunda e terça-feira de carnaval. Na Quarta-feira de...

Polícia prende suspeito de participação em assalto aos Correios de Santana dos Garrotes

Polícia prende suspeito de participação em assalto aos Correios de Santana dos Garrotes

A Polícia Militar do 13° Batalhão prendeu, na manhã desta sexta-feira (21), um dos...

TAVARES: Cagepa - Moradores abastecidos pela Caixa Velha, terão abastecimento interrompido por conta de rompimento em adutora

TAVARES: Cagepa - Moradores abastecidos pela Caixa Velha, terão abastecimento interrompido por conta de rompimento em adutora

Por meio de nota, a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) – Agência Tavares, no...

PRINCESA ISABEL: Conselho Tutelar intensifica ações durantes festividades carnavalescas

PRINCESA ISABEL: Conselho Tutelar intensifica ações durantes festividades carnavalescas

O Conselho Tutelar é um órgão municipal responsável por zelar pelos direitos da criança e...

Leilão da BR-101 Sul: o primeiro do ano no setor rodoviário

Leilão da BR-101 Sul: o primeiro do ano no setor rodoviário

O primeiro leilão de rodovias deste ano será realizado nesta sexta-feira (21), a...

O réu, José Rafael da Silva foi condenado a 7 anos de prisão, pena a ser cumprida no regime semiaberto pelo Tribunal do Júri Popular, nesta sexta-feira (10). O crime foi praticado contra sua própria companheira, no dia 23 de agosto do ano de 2012, no sítio Maxixe, zona rural de Conceição.
De acordo com o que constava na acusação, o acusado se utilizando de uma arma de fogo, efetuou um disparo na cabeça da sua ex-companheira, Simone Valdivino, sem motivo aparente.
Depois dos debates, entre a acusação representada pelo Promotor de Justiça, Lean Matheus de Xerez e um defensor público, o Conselho de Sentença entendeu, por maioria de votos que o acusado praticou o crime por motivo fútil e que ele agiu de maneira que impossibilitou a defesa da vítima.
Diante do que foi exposto, o juiz Antonio Eugênio, que presidiu a pauta, julgou procedente a denúncia e condenou o réu a 7 anos de prisão, pena a ser cumprida, inicialmente no regime semiaberto na Cadeia Púbica de Conceição.
Em virtude de uma reforma, que está sendo realizada no auditório do Tribunal de Júri do Forum de Conceição, a pauta foi realiza no auditório da Câmara dos Vereadores de Conceição.
 
Fonte Vale do Piancó Notícias