Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Canal do Blog no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

PRINCESA ISABEL: Vendedores ambulantes devem procurar o setor de tributos para liberação de vendas na Festa do dia 15 de dezembro

PRINCESA ISABEL: Vendedores ambulantes devem procurar o setor de tributos para liberação de vendas na Festa do dia 15 de dezembro

O Setor de Tributos do município de Princesa Isabel alerta aos vendedores ambulantes para...

Criança fica presa dentro de panela de pressão e é resgatada por bombeiros

Criança fica presa dentro de panela de pressão e é resgatada por bombeiros

Foto: Reprodução/WhatsAppUma criança de 1 ano e 9 meses de idade ficou presa...

Frei Anastácio e Comissão Pastoral da Terra discutem planejamento de ações para 2020

Frei Anastácio e Comissão Pastoral da Terra discutem planejamento de ações para 2020

O deputado federal Frei Anastácio (PT/PB) se reuniu hoje (07), em seu escritório em...

Grave acidente na BR-232 acaba com a morte de três jovens de Flores

Grave acidente na BR-232 acaba com a morte de três jovens de Flores

Três jovens do distrito de Fátima, município de Flores se envolveram em um acidente...

  

247 - A presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), questionou nesta terça-feira (2) o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, sobre suas relações com o advogado trabalhista Carlos Zucolotto, a quem o doleiro Tacla Duran, denunciado na Operação Lava Jato, atribui supostos diálogos para intermediar sua delação.

“Sua esposa teve escritório com Carlos Zucolotto? Sim ou não? O senhor ou a esposa tiveram ou têm conta no exterior? O senhor já fez viagem ao exterior acompanhado do advogado Zucolotto? Ele já fez pagamentos em favor do senhor nessas viagens?”, perguntou a parlamentar, na audiência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara em que o ministro foi ouvido sobre a troca de mensagens com procuradores divulgadas pelo site Intercept Brasil.

"Não é verdade que o senhor sempre age corretamente. Temos algumas ações judiciais que já cassaram ações suas", acrescentou.

Moro afirmou que, "em relação às contas no exterior, isso é maluquice". "Não sou eu que sou investigado por corrupção".