Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Canal do Blog no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

Prefeito Ailton Suassuna inaugura novo Curral do Gado em Tavares

Prefeito Ailton Suassuna inaugura novo Curral do Gado em Tavares

Após inauguração da praça e imagem de São Miguel no domingo (17), o prefeito de...

ASSISTA: reportagem do Fantástico traz todos os detalhes da “viagem turística” dos vereadores de Sta Rita

ASSISTA: reportagem do Fantástico traz todos os detalhes da “viagem turística” dos vereadores de Sta Rita

Matéria: Pauta PB Onze vereadores e um contador da Câmara Municipal de Santa...

Princesa Isabel completa hoje 98 anos de elevação à categoria de cidade

Princesa Isabel completa hoje 98 anos de elevação à categoria de cidade

Nesta segunda-feira, 18 de novembro, o município de Princesa Isabel completa 98 anos...

Homem invade festa, mata quatro e fere outros seis

Homem invade festa, mata quatro e fere outros seis

Reprodução/FlickrFonte: Jovem Pan Quatro...

Moto pega fogo após curto circuito no centro de Nova Olinda; veja o vídeo

Moto pega fogo após curto circuito no centro de Nova Olinda; veja o vídeo

Uma motocicleta ficou em chamas na tarde deste domingo (17/011) na Rua Dr. João Lúcio,...

  

Foto: Ascom

Uma operação da Polícia Federal cumpriu na manhã desta terça-feira (22) um mandado de busca e apreensão na casa de um servidor contratado da prefeitura de Campina Grande, suspeito de inserir dados falsos para fraudar o programa Bolsa Família. A investigação recebe o nome de Simbiose e teve início em uma apuração feita pela Secretaria de Assistência Social do município.

De acordo com a Polícia Federal, o investigado estaria inserindo no sistema do Bolsa Família dados fraudulentos para conseguir mais recursos do programa. Em troca, ele receberia ‘vantagens indevidas’. O mandado de busca e apreensão foi expedito pela 4ª Vara da Justiça Federal. O servidor contratado deverá responder pelos crimes de inserção de dados falsos e corrupção passiva.

Investigação teve início com auditoria da PMCG

A Operação foi iniciada a partir de uma auditoria realizada pela Secretaria de Assistência Social do município. A apuração identificou pelo menos 32 situações suspeitas de pessoas que recebiam o benefício e com um ‘perfil’ econômico parecido.

“A partir disso nós reunimos informações e encaminhamos aos órgãos competentes para que a investigação fosse feita. Ainda não é possível mensurarmos o montante de recursos, porque isso vai ficar por conta da Caixa Econômica Federal”, explicou o coordenador do programa Bolsa Família em Campina Grande, Rubens Nascimento.

Segundo as investigações, um servidor contratado pela prefeitura e que trabalhava no Cadastro Único seria o responsável pelas fraudes. Ele deverá ser indiciado por inserção de dados falsos e corrupção passiva, já que cobraria dos beneficiários pelo aumento dos recursos pagos pelo programa. A prefeitura de Campina Grande rescindiu o contrato, após descobrir as supostas fraudes.

João Paulo Medeiros, Pleno Poder