Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

MARTA ALVES

Canal do Blog no YouTube

TV diário do Sertão Ao Vivo

HELIOMAR CD'S

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

QR Code - Blog do Djacir Pereira

Rafael Jacinto no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

SECRETARIA DE SAÚDE DE ÁGUA BRANCA: NOTA DE ESCLARECIMENTO

SECRETARIA DE SAÚDE DE ÁGUA BRANCA: NOTA DE ESCLARECIMENTO

 NOTA DE ESCLARECIMENTO A Secretaria de Saúde de Água Branca,...

Paraíba tem quase 700 foragidos da Justiça com auxílio emergencial aprovado

Paraíba tem quase 700 foragidos da Justiça com auxílio emergencial aprovado

CLICK PBA Paraíba tem 699 foragidos da Justiça que receberam o auxílio emergencial...

TAVARES: 1º paciente testado positivo para a Covid-19 no município está curado; vídeo!

Após realizar novo teste, o primeiro homem testado positivo para a Covid-19, em Tavares,...

Região do Pajeú chega a 314 casos confirmados de Covid-19

Região do Pajeú chega a 314 casos confirmados de Covid-19

Serra Talhada registrou mais 15 confirmações e foi à 139 casos.Por André LuisDe...

PGR informará ao Supremo que concorda com prorrogação de inquérito sobre Bolsonaro

PGR informará ao Supremo que concorda com prorrogação de inquérito sobre Bolsonaro

  Foto da internet A Procuradoria Geral da República (PGR) enviará...

Alvos são procedimentos licitatórios em Juru e adesão à Ata de Registro de Preços na Saúde de Bayeux

O Ministério Público Federal (MPF) está investigando irregularidades em licitações nas cidades de Juru, no Sertão do Estado, e em Bayeux, região metropolitana de João Pessoa. No caso de Bayeux o alvo é a adesão à Ata de Registro de Preços nº 11/2018, que teve como objeto a contratação de uma empresa especializada no fornecimento de materiais de construção para a Secretaria de Saúde do município.

Em Juru, além de fraudes em licitações, o MPF apura também o susposto desvio de recursos públicos. As duas portarias, instaurando os inquéritos civis públicos, foram publicadas nesta terça-feira (5) no Diário Eletrônico do MPF.

Fundeb

Um inquérito civil público, instaurado pelo procurador da República Antônio Edílio Teixeira, também apura a não aplicação de recursos do Fundeb no município de Curral de Cima.

O programa transfere recursos federais para serem empregados na valorização e desenvolvimento da educação básica. Nos três casos, os procedimentos têm um prazo de um ano para serem concluídos.

Fonte: Pleno Poder

Créditos: Pleno Poder