Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

MARTA ALVES

PREVISÃO DO TEMPO

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

HELIOMAR CD'S

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Rafael Jacinto no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Varredura flagra 6 mil servidores do Estado e 3 mil de CG recebendo auxílio emergencial

Varredura flagra 6 mil servidores do Estado e 3 mil de CG recebendo auxílio emergencial

CGU encontra 94 ocupantes de cargos de primeiro escalão nas prefeituras recebendo...

Frei Anastácio destaca importância dos Conselhos Tutelares, nos 30 anos do ECA

Frei Anastácio destaca importância dos Conselhos Tutelares, nos 30 anos do ECA

O deputado federal Frei Anastácio disse que nas três décadas de vigência do Estatuto da...

Jovem de 24 anos, filha de conceiçãoense, sofre parada cardíaca e morre, em João Pessoa; Bianca fazia hemodiálise

Jovem de 24 anos, filha de conceiçãoense, sofre parada cardíaca e morre, em João Pessoa; Bianca fazia hemodiálise

A jovem, Bianca Frade Sinachi, de 24 anos de idade, perdeu a luta contra a...

Fiocruz e dois hospitais devem criar protocolos para eleições, diz TSE

Fiocruz e dois hospitais devem criar protocolos para eleições, diz TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou hoje (13) um acordo para que a Fundação...

Doria diz que imagens de violência policial contra mulher em Parelheiros 'causam repulsa'; PMs foram afastados

Doria diz que imagens de violência policial contra mulher em Parelheiros 'causam repulsa'; PMs foram afastados

Por G1 SP — São PauloO governador João Doria (PSDB) disse que as cenas da violência...

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé

O primeiro homem diagnosticado com câncer de mama no Hospital do Bem, em Patos, fez tratamento e acaba de receber a notícia da cura da doença. Comerciante da cidade de Água Branca, Joelson Salustriano Gouveia, de 45 anos, bateu o sino da cura, na manhã desta segunda-feira (2). Emocionado, agradeceu o acolhimento e tratamento recebido na unidade, creditando sua cura à fé em Deus e ao serviço do Hospital.

“Eu tive fé em Deus e recebi total apoio deste hospital, que eu acredito que é o melhor da região. Aqui me senti acolhido, fui muito bem cuidado e só tenho a agradecer tudo o que vocês fizeram por mim. Se não fosse o Hospital do Bem, eu dificilmente faria esse tratamento”, declarou o paciente.

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e área interna

Para Joelson, que começou o tratamento na unidade no dia 30 de maio deste ano e terminou sua última sessão de quimioterapia no dia 12 de novembro, o sentimento da vida agora é outro. “Depois de passar por tudo isso, a gente sente que é como renascer de novo. A gente passa a ver a vida de uma outra forma. Aprendemos a valorizar mais as pessoas, o que realmente importa na vida”, disse ele.

Antes de iniciar as sessões de quimioterapia, com quatro ciclos de AC e mais 12 semanas de Taxol, o paciente passou por um procedimento cirúrgico, no dia 9 de maio deste ano, com o mastologista Thiago Pereira, no Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro, unidade ao qual o Hospital do Bem está vinculado. Após o encerramento dos tratamentos, o paciente realizou uma tomografia de corpo inteiro e exames complementares que evidenciaram não mais a existência de atividade da doença em seu organismo.

Para a oncologista Nayhara Castro, que acompanhou o paciente, essa segunda-feira foi também muito especial. “Além da felicidade tremenda que a gente fica em saber que o que a gente vem fazendo tem dado certo, é uma satisfação especial, porque o Sr. Joelson é o primeiro homem a conseguir tocar o sino da cura”, disse a médica, reiterando a sua satisfação em estar contribuindo, junto com a equipe do Hospital do Bem, para mudar a vida dos pacientes no sertão, ofertando um serviço eficiente e de qualidade.

A diretora geral do Complexo, Liliane Sena, que prestigiou o toque do sino da cura, destacou a alegria em participar deste momento. “Iniciar dezembro com uma ação como essa, nos enche de felicidade, pois é uma vitória muito grande, especialmente, por ser o primeiro caso de cura de câncer de mama em homem, o que nos possibilita não apenas divulgar a cura, mas, sobretudo, reforçar que estamos capacitados para também atender essa demanda masculina e fazer o alerta aos homens de que a doença pode sim acometê-los e que estamos preparados para tratá-los se isso ocorrer”, enfatizou a diretora, lembrando que o que fica de uma experiência como essa é “uma sensação de gratidão, de vitória e de perseverança”. Sobre o sino da cura, Liliane lembra que foi uma forma simbólica que o Hospital achou para marcar um novo ciclo na vida dos pacientes. “O toque do sino simboliza a cura, uma nova etapa da vida sem a doença, a superação, enfim, um ciclo que se fecha e outro que inicia”, afirma ela.

Sobre o Hospital do Bem – Após pouco mais de um ano de sua inauguração, o Hospital do Bem comprova que está cumprindo sua missão de acolher e tratar os pacientes de câncer no interior do Estado. Absorvendo boa parte do contingente de pessoas que antes da unidade só tinham a opção de tratamento do câncer em Campina Grande ou em João Pessoa, a unidade vem acumulando histórias de superação e cura. O Hospital oferta atendimento ambulatorial, tratamento quimioterápico e cirúrgico, para quatro tipos de câncer: pele, próstata, mama e colo de útero.

A unidade tem 25 leitos e uma sala de quimioterapia com capacidade para atender dez pacientes simultaneamente. Além dos serviços ambulatoriais, da quimioterapia e cirurgia, a unidade realiza diversos exames, tais como, ultrassonografia com Doppler; tomografia; colposcopia, colonoscopia, endoscopia; eletrocardiograma; exames laboratoriais e Raio X. Os exames são feitos no Centro de Diagnóstico que funciona dentro das instalações do Complexo Hospitalar de Patos. Prioritariamente, os serviços do Hospital do Bem são direcionados para a população dos municípios que compõem a 3ª macrorregião de saúde do Estado.

Secom-PB

A imagem pode conter: 17 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e pessoas sentadas