Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

MARTA ALVES

PREVISÃO DO TEMPO

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

HELIOMAR CD'S

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Rafael Jacinto no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Acidente de carro deixa jovem morta e companheiro ferido em rodovia de Piancó

Acidente de carro deixa jovem morta e companheiro ferido em rodovia de Piancó

Um acidente de carro deixou uma jovem morta e um ferido na manhã deste domingo (12) na...

PRINCESA ISABEL: Decreto municipal nº 31 autoriza o funcionamento de lojas e outros estabelecimentos a partir da próxima segunda (13)

PRINCESA ISABEL: Decreto municipal nº 31 autoriza o funcionamento de lojas e outros estabelecimentos a partir da próxima segunda (13)

O governo de Princesa Isabel publicou neste sábado (11) o Decreto Municipal nº 31 que...

Amazônia perdeu área equivalente ao dobro da cidade de São Paulo no 1º semestre

Amazônia perdeu área equivalente ao dobro da cidade de São Paulo no 1º semestre

Congresso em Foco - De 1º de janeiro a 30 de junho deste ano, o Brasil perdeu...

PRINCESA ISABEL: Diretores, professores e coordenadores da educação recebem kits de antissepsia e proteção

PRINCESA ISABEL: Diretores, professores e coordenadores da educação recebem kits de antissepsia e proteção

A Prefeitura de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, distribuiu kits de...

OMS reconhece evidências sobre transmissão da Covid-19 pelo ar

OMS reconhece evidências sobre transmissão da Covid-19 pelo ar

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu nesta terça-feira “evidências emergentes”...

CNH-Agência Brasil

Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou hoje (12) que o motorista profissional condenado por homicídio culposo pode ter a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa e ser impedido temporariamente de dirigir. Por unanimidade, o plenário entendeu que a medida não ofende o direito constitucional ao trabalho.

A pena de suspensão da carteira de habilitação está prevista no Artigo 302 do Código Brasileiro de Trânsito. Pelo dispositivo, o homicídio culposo cometido na direção de um veículo é punido com pena de detenção de dois a quatro anos, além da suspensão para dirigir.

Apesar de a suspensão estar prevista na norma desde 1997, a defesa de um motorista de ônibus que atropelou e matou um motociclista em Barbacena (MG), em 2004, alegou na Justiça de Minas que a pena não poderia ser aplicada a ele por inviabilizar o seu sustento como motorista profissional. Ao analisar o caso, a Justiça de Minas autorizou o motorista a dirigir. O Ministério Público resolveu recorrer ao Supremo.

Na sessão de hoje, por unanimidade, os ministros seguiram voto proferido pelo relator, ministro Luís Roberto Barroso, e entenderam que o direito constitucional ao trabalho não é absoluto e a medida de suspensão da habilitação é uma forma de individualizar a pena para punir adequadamente cada crime cometido.

"O Brasil é um dos recordistas mundiais de acidentes de trânsito, embora tenha havido uma paulatina redução nos últimos anos. A pessoa fica impedida de dirigir, mas não de trabalhar", disse Barroso.

Seguiram o voto do relator os ministros Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e o presidente Dias Toffoli.

Ao final da sessão, Toffoli disse que o julgamento é dos mais importantes realizados pela Corte.

"É um caso que pode parecer do ponto de vista jurídico simples, mas do ponto de vista da sua relevância e importância, é um dos casos mais importantes que nós julgamos nos últimos tempos", disse.