Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

Rádio Princesa FM 92.5

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Visualizações

conter12 

Audiência de instrução decide se acusado de matar Patrícia Roberta vai a júri popular

Audiência de instrução decide se acusado de matar Patrícia Roberta vai a júri popular

Por G1 PBA audiência de instrução do caso de Patrícia Roberta acontece...

Prazo para prova de vida acaba dia 30 para aposentados e pensionistas

Prazo para prova de vida acaba dia 30 para aposentados e pensionistas

Aposentados, pensionistas e anistiados políticos civis que ainda não...

Trabalhadores morrem soterrados na cidade de Salgadinho, PB

Trabalhadores morrem soterrados na cidade de Salgadinho, PB

Na manhã desta quinta-feira, 23, dois homens foram soterrados e mortos enquanto...

ANUNCIE AQUI!

Crime ocorreu na zona leste da capital paulista; autor do homicídio confessou o crime e disse ter se sentido ameaçado

Caso foi registrado no 49º Distrito Policial, em São Mateus, na zona leste
Reprodução/Google Street View
Caso foi registrado no 49º Distrito Policial, em São Mateus, na zona leste

A polícia prendeu nesta quinta-feira (12) um homem que confessou ter esquartejado um amigo e enterrado os pedaços do corpo dentro de sua própria casa, em São Mateus, na zona leste de São Paulo.

De acordo com o relato do autor do crime, Paulo Junior Lemos dos Santos, de 24 anos de idade, ele teria recebido em sua casa o colega Alexandre Felipe Gonçalves, de 22 anos de idade, na quarta-feira (11). Alexandre então teria consumido cocaína na residência e foi repreendido por Paulo, que teria se sentido ameçado pelo amigo.

Paulo então teria pegado uma faca e assassinado o amigo, desossando o corpo em seguida para escondê-lo em um buraco feito em um corredor próximo ao quarto em que o criminoso dormia. O esconderijo foi acimentado depois disso.

A Polícia Militar descobriu o crime após receber denúncia e conseguiu encontrar os restos mortais de Alexandre na residência.

Segundo relata o delegado do 49º Distrito Policial Tiago Vieira Oliveira, que acompanha o caso, Paulo já tinha passagem pela polícia por um homicídio cometido quando ele era adolescente. O autor do crime alegou ter esquizofrenia, o que será verificado após exames.

Paulo, que estava atualmente desempregado, foi encaminhado a um centro de custódia e será indiciado por homicídio, ocultação de cadáver e porte ilegal de arma – um revólver encontrado pela polícia em sua casa.

 

Por iG São Paulo