Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

CANTINHO DO LANCHE

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

HELIOMAR CD'S

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Rafael Jacinto no YouTube

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

contador de acesso
Flores: prefeitura decreta fechamento de bares, restaurantes e suspensão de eventos por 20 dias

Flores: prefeitura decreta fechamento de bares, restaurantes e suspensão de eventos por 20 dias

A prefeitura de Flores, que já havia suspendido as atividades da feira livre por 20 dias...

Sequência de alta do petróleo deixa gasolina e diesel mais caros e etanol mais atrativo

Sequência de alta do petróleo deixa gasolina e diesel mais caros e etanol mais atrativo

Preço do etanol se manteve estável. Na Paraíba, o litro do etanol hidratado vendido...

Suspeito de matar sargento da PM do Vale do Piancó é preso em Goiás

Suspeito de matar sargento da PM do Vale do Piancó é preso em Goiás

A Polícia Civil de Goiás, através da 22ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de...

Caminhão-tanque em refinaria da Petrobras em Canoas (RS)

A Petrobras anunciou que a gasolina terá uma redução de 4%, a partir desta sexta-feira (31), nas distribuidoras. De acordo com a companhia, “com a redução de 4% (ou R$ -0,07 por litro), o preço médio da gasolina da Petrobras para as distribuidoras passou a ser de R$ 1,65 por litro". No acumulado do ano, a redução do preço é de 13,8%.

A companhia informou  também que o preço do diesel (S10 e S500) não sofrerá alteração no preço nas distribuidoras.  O diesel, no acumulado do ano, teve uma redução do preço de 21,5%.

O último reajuste da Petrobras ocorreu no dia 17 de julho, quando a empresa aumentou em 6%, na média, o preço do litro do diesel e da gasolina em 4%.

Os preços são referentes ao valor vendido para as distribuidoras a partir das refinarias. O valor final ao motorista depende do mercado, já que cada posto tem sua própria política de preços, sobre os quais incidem impostos, custos operacionais e de mão de obra.

Reajustes

Desde o início do ano, a gasolina já teve 23 reajustes, sendo que 10 foram aumentos e 13 deles, reduções nos preços para as distribuidoras. No caso do diesel, foram 17 reajustes, sem que seis deles  aumentos de preço e 11 deles redução no preço nas distribuidoras.

Agência Brasil