Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

CANTINHO DO LANCHE

INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

HELIOMAR CD'S

CANAL DE PADRE FÁBIO NO YOUTUBE

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Rafael Jacinto no YouTube

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

contador de acesso
Flores: prefeitura decreta fechamento de bares, restaurantes e suspensão de eventos por 20 dias

Flores: prefeitura decreta fechamento de bares, restaurantes e suspensão de eventos por 20 dias

A prefeitura de Flores, que já havia suspendido as atividades da feira livre por 20 dias...

Sequência de alta do petróleo deixa gasolina e diesel mais caros e etanol mais atrativo

Sequência de alta do petróleo deixa gasolina e diesel mais caros e etanol mais atrativo

Preço do etanol se manteve estável. Na Paraíba, o litro do etanol hidratado vendido...

Suspeito de matar sargento da PM do Vale do Piancó é preso em Goiás

Suspeito de matar sargento da PM do Vale do Piancó é preso em Goiás

A Polícia Civil de Goiás, através da 22ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de...

Hospital de Trauma de Campina Grande — Foto: João da Paz/Ascom/Divulgação

Uma mulher de 25 anos foi esfaqueada na frente dos filhos, na madrugada desta sexta-feira (20), no bairro do Catolé, em Campina Grande. A Polícia Militar (PM) recebeu uma denúncia anônima sobre uma possível agressão na casa e, ao chegar ao local, se deparou com a vítima esfaqueada no chão. O principal suspeito é o marido da vítima.

Segundo a PM, ao chegarem ao local do crime, a vítima estava caída com dois ferimentos de faca no pescoço. Um homem, que abriu a porta para a polícia, tinha ferimentos nos pulsos. Ele chegou a pedir que atirassem nele para matá-lo.

De acordo com a Polícia Militar, duas crianças, de 2 e 7 anos, estavam no local e presenciaram o crime. Elas estavam sujas de sangue e chorando, mas não estavam feridas.

Segundo relatou a vítima aos policiais, ela e o marido haviam discutido por causa de ciúmes e o suspeito quebrou totalmente o celular da vítima.

O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foram chamados, e a mulher foi encaminhada ao Hospital de Trauma de Campina Grande. O homem foi preso e também foi levado ao hospital sob custódia dos policiais. A vítima teve ferimentos no tórax, perna, região cervical, abdome e tem estado de saúde grave. Por G1 PB