Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

TV Diário do Sertão - Parceria

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

conter12 
Meu Ip
STJ autoriza Nominando Diniz a voltar para o TCE-PB

STJ autoriza Nominando Diniz a voltar para o TCE-PB

Fonte83 -- O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou o retorno do conselheiro...

Ricardo Pereira cumprimenta Nominado Diniz pelo retorno ao TCE – PB

Ricardo Pereira cumprimenta Nominado Diniz pelo retorno ao TCE – PB

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (Cidadania) usou as redes sociais neste...

Brasil será o 2º país com mais vacinados no Ocidente, diz Pazuello

Brasil será o 2º país com mais vacinados no Ocidente, diz Pazuello

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou na noite de sexta-feira (22) que...

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) – órgão equivalente à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no Brasil — disse ter recebido nesta terça-feira (12) o pedido de aprovação para uso emergencial da vacina de Oxford contra Covid-19 da empresa farmacêutica AstraZeneca. O órgão promete avaliar o pedido em um prazo curto.

Um parecer sobre a autorização condicional pode ser emitido até o dia 29 de janeiro durante reunião do Comitê de Medicamentos Humanos (CHMP) da agência, disse a EMA em comunicado.

A nota também diz que, durante a revisão da vacina, foram avaliados dados de testes em andamento na Grã-Bretanha, Brasil e África do Sul. Informações adicionais do imunizante já foram enviadas pela AstraZeneca e estão em análise.

Os testes iniciais em humanos da vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca começaram ainda em abril. A Organização Mundial da Saúde (OMS) chegou a falar que era a opção mais adiantada no mundo na época e, também, a mais avançada em desenvolvimento.

Em 27 de junho, o Ministério da Saúde anunciou a compra da tecnologia para produção dentro da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Na última sexta-feira (8), o pedido emergencial para o uso da vacina foi feito junto à Anvisa.

Vacinas aprovadas na Europa

A União Europeia começou a campanha de vacinação em vários países do bloco no final do ano passado. Primeiramente, com a vacina da Pfizer/BioNTech. Depois, em 6 de janeiro, o bloco também aprovou o uso emergencial do imunizante desenvolvido pela Moderna, que já está sendo aplicado na população.

A vacina de Oxford já foi aprovada em países como Argentina, Grã-Bretanha, El Salvador e Índia.

Fonte: