Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

TV Diário do Sertão - Parceria

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

conter12 
Meu Ip
STJ autoriza Nominando Diniz a voltar para o TCE-PB

STJ autoriza Nominando Diniz a voltar para o TCE-PB

Fonte83 -- O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou o retorno do conselheiro...

Ricardo Pereira cumprimenta Nominado Diniz pelo retorno ao TCE – PB

Ricardo Pereira cumprimenta Nominado Diniz pelo retorno ao TCE – PB

O prefeito de Princesa Isabel, Ricardo Pereira (Cidadania) usou as redes sociais neste...

Brasil será o 2º país com mais vacinados no Ocidente, diz Pazuello

Brasil será o 2º país com mais vacinados no Ocidente, diz Pazuello

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou na noite de sexta-feira (22) que...

A Polícia Militar localizou e prendeu os principais suspeitos de terem efetuados disparos de arma de fogo em via pública, na manhã dessa última segunda-feira (11) no sertão do estado. A prisão dos três suspeitos aconteceu ainda nessa mesma manhã do crime, e no fim da tarde.

Os homens têm 33, 29 e 19 anos de idade, e foram localizados durante as diligências do 3º Batalhão no município de São José do Sabugi, que fica a cerca de 62 quilômetros de distância de Patos, e também na zona rural de Santana do Seridó, no Rio Grande do Norte, região de divisa com a Paraíba. A ação da PMPB contou apoio dos demais órgãos da Forças de Segurança, como Polícia Civil da Paraíba e do Rio Grande do Norte, além da Polícia Militar potiguar.

Com o trio, a PM localizou três espingardas, uma pistola e um revólver calibre 32, armamento que provavelmente foi usado no crime em São José do Sabugi, e onde alguns disparos chegaram a atingir uma casa, mas ninguém ficou ferido. A real motivação do delito ainda será apurada.

Todas as armas apreendidas e os suspeitos presos na ação conjunta foram conduzidos para Delegacia da Polícia Civil na cidade de Patos, onde seguem à disposição da Justiça.