Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

Rádio Princesa FM 92.5

Roberto Crédito Consignado

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Visualizações

conter12 

Prefeitura de Água Branca reforça presença da Guarda Municipal com a entrega de veículo e nova sede

Prefeitura de Água Branca reforça presença da Guarda Municipal com a entrega de veículo e nova sede

 Num momento de muita emoção e agradecimentos, o Governo de Água Branca,...

Prefeitura de Tavares disponibiliza cursos profissionalizantes para agricultores do município

Prefeitura de Tavares disponibiliza cursos profissionalizantes para agricultores do município

A Prefeitura de Tavares, no sertão da Paraíba, através da Secretaria Municipal de...

Bolsonaro veta projeto que facilitaria tratamento oral contra câncer

Bolsonaro veta projeto que facilitaria tratamento oral contra câncer

O presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente um projeto de lei que facilitaria o...

Pode ser uma imagem de 1 pessoa e em pé

O Feminicídio é o homicídio (morte) de uma mulher em razão da violência doméstica e familiar ou pelo menosprezo ou discriminação à condição de mulher.

No Brasil, a cada sete horas, uma mulher é vítima de feminicídio.

O Dia Estadual do Combate ao Feminicídio na Paraíba, foi instituído pela Lei nº 11.166 de 2018, proposta pelo Deputado Estadual Raniery Paulino, que determina o dia 19 de junho, como o DIA ESTADUAL DO COMBATE AO FEMINICÍDIO NA PARAÍBA, em referência à data do assassinato da professora da UEPB, Briggida Rosely Lourenço, foi vítima de um crime brutal cometido pela pelo ex-companheiro, que não aceitava o fim do relacionamento, com o objetivo de dar visibilidade não apenas para o caso mas como ao de tantas outras vítimas de feminicídio. Portanto, o momento ascende o sinal de alerta, é de reflexão e conscientização da sociedade no enfrentamento e prevenção à violência de gênero, para que busquem articular atividades e criação de políticas públicas em prol das mulheres, com seus direitos efetivados e garantidos e os infratores punidos com rigor.

Nós enquanto sociedade devemos repudiar esses atos, e combater todas as formas de violência contra a mulher. O tema é de extrema importância, pois não só na Paraíba como no Brasil, os números de casos só aumentam no decorrer dos anos.

A Prefeitura de Princesa Isabel, através da Diretoria Municipal de Políticas Públicas para as Mulheres, em parceria com a Secretária Municipal de Assistência Social e o Centro de Referência Especializado em Assistência Social, abraçam essa causa e repudia veementemente todas as formas de violência contra a mulher, e pretende realizar campanhas de educação para a sociedade, ações voltadas no sentido de conscientizar, articular, ajudar e mobilizar todos, pois essa temática deve ser tratada como questão da segurança, justiça, educação, assistência social e saúde pública. Em Princesa Isabel, a diretora de políticas púbicas voltadas às mulheres é a bacharela em Direito, Bárbara Bruna Gondim.

Contem conosco, mulheres.

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER É CRIME.

DENUNCIE!

Ascom/Prefeitura Municipal de Princesa Isabel