Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

Rádio Princesa FM 92.5

Roberto Crédito Consignado

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Visualizações

conter12 

Prefeitura de Água Branca reforça presença da Guarda Municipal com a entrega de veículo e nova sede

Prefeitura de Água Branca reforça presença da Guarda Municipal com a entrega de veículo e nova sede

 Num momento de muita emoção e agradecimentos, o Governo de Água Branca,...

Prefeitura de Tavares disponibiliza cursos profissionalizantes para agricultores do município

Prefeitura de Tavares disponibiliza cursos profissionalizantes para agricultores do município

A Prefeitura de Tavares, no sertão da Paraíba, através da Secretaria Municipal de...

Bolsonaro veta projeto que facilitaria tratamento oral contra câncer

Bolsonaro veta projeto que facilitaria tratamento oral contra câncer

O presidente Jair Bolsonaro vetou integralmente um projeto de lei que facilitaria o...

O governador João Azevêdo e os demais governadores do Nordeste, aprovaram, nessa segunda-feira (19), em reunião virtual do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), a criação de um auxílio social de R$ 500 mensais, a ser pago em cada um dos nove estados da Região, aos filhos que ficaram órfãos devido à morte de pais ou responsáveis por Covid-19.

O projeto denominado de “Nordeste Acolhe” será encaminhado às Assembleias Legislativas de cada estado no mês de agosto. 

O governador João Azevêdo destacou que a iniciativa representa a preocupação e a responsabilidade do poder público em cuidar das pessoas. “A pandemia nos trouxe perdas irreparáveis e, infelizmente, muitas crianças e adolescentes perderam seus pais para o coronavírus e nós temos o compromisso social de prestar essa assistência e ajudar a eles e seus familiares, garantindo direitos. Esse é um esforço conjunto dos governadores da nossa Região para amparar quem necessita do nosso cuidado e atenção”, frisou. 

Somente na Paraíba, mais de 740 pessoas estão órfãs de pai e mãe devido à Covid-19 e terão direito ao auxílio.

Click-PB