Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

TV Diário do Sertão - Parceria

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

conter12 
Meu Ip
Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

A Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Educação...

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Jovem PanA enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira brasileira a...

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Por G1 A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)...

 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE),  julgará,  nesta quinta-feira (19), uma Ação de Investigação Eleitoral contra à  reeleição do governador Ricardo Coutinho. Na chamada AIJE Fiscal, a coligação encabeçada pelo PSDB, do senador Cássio Cunha Lima, acusa o governo de fazer supostas isenções de receitas e tributos  de forma irregular para obter vantagem política.
 
No programa 60 Minutos, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Anderson Soares, na Rádio Arapuan FM, os advogados de defesa e acusação, Fábio Brito e Antônio Dias Júnior,  falaram das expectativas para o julgamento no TRE.
 
O advogado do PSDB, Antônio Dias Júnior, disse  esperar que o TRE entenda que a distribuição de benefícios em ano eleitoral é susceptível a cassação de mandato. Para ele, a AIJE tem como fundamentação que mais de 200 mil  pessoas foram beneficiadas com as isenções e isso repercutiu no pleito eleitoral.
 
Já o advogado que atua nos interesses da coligação do governador Ricardo Coutinho, Fábio Brito, revelou que a defesa da vice-governadora, Lígia Feliciano, que tem à frente, Marcelo Weick, pediu adiamento da sessão para a quinta-feira (26), da próxima semana.
 
Para Fábio Brito, a defesa do governador Ricardo Coutinho está  tranquila em relação ao julgamento da AIJE. Fábio Brito acredita que nenhuma ação administrativa foi realizada de forma irregular e que o TRE vai considerar as acusações improcedentes.
 
MaisPB