Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

TV Diário do Sertão - Parceria

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

conter12 
Meu Ip
Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

A Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Educação...

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Jovem PanA enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira brasileira a...

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Por G1 A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)...

 

A Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (Ccrimp) do Ministério Público da Paraíba (MPPB) ofereceu ao Tribunal de Justiça da Paraíba no ano de 2015 (até o último dia 10 de novembro) 26 denúncias contra agentes públicos (geralmente prefeitos) de 23 municípios paraibanos.
 
Duas dessas 26 denúncias envolvem o município de São Sebastião do Umbuzeiro; outras duas, Caaporã; e uma outra um juiz de Direito (acusado de falsidade ideológica – Artigo 299 do Código Penal).
 
Os demais agentes políticos denunciados são dos municípios de Aroeiras, Belém do Brejo do Cruz, Campina Grande, Conde, Congo, Duas Estradas, Gurinhém, João Pessoa, Joca Claudino, Mamanguape, Massaranduba, Monte Horebe, Pedra Branca, Pilõezinhos, Pitimbu, Pocinhos, Salgado de São Félix, São José de Piranhas, São Mamede, Serra da Raiz e Serra Redonda.
 
 
Na maioria dos casos, os crimes de improbidade administrativa provocam as denúncias.
 

Do JPB