Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

Logotipo Do Google, Logo, Google Imagens png transparente grátis
 
bove=""

 

TV Diário do Sertão - Parceria

Cantinho do Lanche - Pov. Jurema

Inscreva-se em nosso canal no YouTube

Heliomar CD's

Canal de Padre Fábio de Abreu, no YouTube

QR Code - Aponte a câmera do celular para o código

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

Pauliano Tomaz

Visualizações

conter12 
Meu Ip
Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

Prefeitura de Juru assegura transporte gratuito para alunos que realizam o Enem. Saiba mais!

A Prefeitura Municipal de Juru, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Educação...

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Enfermeira de São Paulo é a primeira brasileira a ser vacinada com a CoronaVac

Jovem PanA enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, foi a primeira brasileira a...

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Anvisa aprova uso emergencial de vacinas de Oxford e CoronaVac

Por G1 A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)...

 

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) agendou para o dia 17 de dezembro a data para apreciar as contas do governador Ricardo Coutinho (PSB) referentes ao exercício financeiro de 2014, ano eleitoral.
O relator do processo, conselheiro Nominando Diniz (foto), informou que o Ministério Público deverá enviar o seu parecer sobre as contas até o próximo dia 25, permitindo que ele conclua seu relatório final até dezembro.
O governador Ricardo Coutinho chegou a pedir a suspeição do conselheiro Nominando Diniz, sob a alegação de que ele tinha ligações pessoais com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), mas a Corte rejeitou o pedido.
Recentemente, o chefe do executivo estadual anunciou os nomes de Marcos Antônio da Costa para o cargo de conselheiro, e de Sheyla Barreto, para a vaga de procuradora do Ministério Público.
Algumas inconsistências nas contas de Ricardo Coutinho já foram constatadas a exemplo de supostas contratações irregulares de servidores, gasto elevado em publicidade, irregularidades no Hospital de Trauma e na elaboração do projeto do obras do Trevo de Mangabeira.
 
 
por; Blog do Gordinho