Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Vereador Wilson do Silvestre/Tavares-PB

"Trabalho com Transparência"

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

DO  SERTÃO PARAIBANO

Rádio Web

RADIO WEB KM JUREMA

Povoado Jurema em Tavares-PB 

Fone/WhatsApp: (83)9-99416545

    Org. Pauliano Tomaz (Mimim)

Art Regina, Art com grafite

O CANAL DO BLOG NO YOUTUBE

     Comunicação Audiovisual                  

        fone: (83)9 98698213

            Hélio Mendes

BLOGS PARCEIROS

POLÍTICA 24h

Blog do Ary Ramalho

LHD Sports

Blog do Ângelo Lima

Blog do Magno Dantas

O Blog de Piancó

Diamante On-Line

Juru em Destaque

Blog do Veras - A Notícia em Primeira Mão.!

Ir para a home do site

Hora do Vale

STAR FOTO E VÍDEO

  

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

                   FECEBOOK

ESPAÇO DEMOCRÁTICO, MANDE 

SUAS INFORMAÇÕES.

VOCÊ É RESPONSÁVEL PELO

CONTEÚDO QUE NOS ENVIA!!!

 

 

 

 

Mundo reduziu quase pela metade as mortes por aids desde 2005, diz ONU

Mundo reduziu quase pela metade as mortes por aids desde 2005, diz ONU

 Um novo relatório do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids...

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE ÁGUA BRANCA PARABENIZA ESTUDANTE SELECIONADO NO PROGRAMA GIRA MUNDO

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE ÁGUA BRANCA PARABENIZA ESTUDANTE SELECIONADO NO PROGRAMA GIRA MUNDO

  Ascom - Selecionado no programa Gira Mundo, o aluno Iago Mota foi...

CAPS DE ÁGUA BRANCA INICIA GRUPO ANTITABAGISMO

CAPS DE ÁGUA BRANCA INICIA GRUPO ANTITABAGISMO

 Ascom - Parar de fumar. É com esse objetivo que o CAPS de Água Branca-PB...

EX ALUNO DA REDE MUNICIPAL REPRESENTA ÁGUA BRANCA EM BRASÍLIA

EX ALUNO DA REDE MUNICIPAL REPRESENTA ÁGUA BRANCA EM BRASÍLIA

 Ascom - Depois de participar efetivamente do programa Gira Mundo, o ex aluno...

Em João Pessoa, Ato político-cultural pelas Diretas Já terá presença da Senadora Gleisi Hoffmann

Em João Pessoa, Ato político-cultural pelas Diretas Já terá presença da Senadora Gleisi Hoffmann

Além da presidenta nacional do PT, também estarão presentes Senadores e Deputados de...

Homem é esfaqueado nas costas na cidade de Solidão

Homem é esfaqueado nas costas na cidade de Solidão

 A GT da cidade de Solidão realizava rondas  às 17h30 desta quarta feira...

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, marcou para os dias 6, 7 e 8 de junho o julgamento da ação que pode levar à cassação da chapa Dilma-Temer, vencedora das eleições de 2014. Segundo informações do TSE, foram reservadas quatro sessões para deliberar sobre o processo movido pelo PSDB — duas ordinárias e duas extraordinárias.

O Tribunal vai decidir se existem indícios suficientes de abuso de poder político e econômico para cassar a chapa, o que, na prática, significa retirar do cargo o presidente Michel Temer, levando à convocação de eleições indiretas. Neste caso, ele ainda poderia concorrer à vaga que será votada pelos membros do Congresso Nacional.

As sessões foram agendadas para as 19 horas no dia 6 de junho (terça-feira); às 19h em 7 de junho (quarta-feira) e às 9h e às 19h em 8 de junho (quinta-feira).

O julgamento havia começado em 4 de abril, mas foi interrompido após os sete ministros da corte decidirem por unanimidade reabrir a etapa de coleta de provas, fixar um prazo de cinco dias para as alegações finais das partes e autorizar a realização de quatro novos depoimentos — do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, do marqueteiro João Santana, da empresária Mônica Moura e de André Santana, assistente do casal.

O processo pode ser suspendido novamente se algum ministro fizer pedido de vista (mais tempo para avaliar o caso) ou se alguma questão de ordem for aceita pela corte.

Em depoimentos sigilosos ao ministro Herman Benjamin, relator do processo na corte, o casal de marqueteiros afirmou que a ex-presidente Dilma Rousseff sabia do uso do caixa dois na sua campanha à reeleição e que não tratou de assuntos financeiros com Temer. Com base nessas alegações, o vice-procurador-geral eleitoral Nicolao Dino voltou a pedir que apenas Dilma se torne inelegível por oito anos. Ele, no entanto, recomendou que os dois sejam cassados por considerar inviável a divisão da chapa.