Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Na noite desta terça-feira (23), dois bandidos provavelmente armado, tomaram um celular...

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB)...

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

Formadores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, participaram na tarde...

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Um Servidor Público, ocupante da função de Gari, morreu vítima de um infarto fulminante...

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

A Câmara de Vereadores de Patos arquivou na noite desta terça-feira (23) o processo de...

 



Paraíba se destaca no Mapa da Violência 2015


O número de assassinatos contra mulheres aumentou consideravelmente nos últimos dez anos na Paraíba, segundo o Mapa da Violência 2015 - Homicídios de Mulheres no Brasil, divulgado nesta segunda-feira (9). Entre 2003 e 2013, o número de mulheres mortas anualmente no estado saltou de 35 para 126. O crescimento de 229,2% colocou a Paraíba como o segundo estado do Brasil com maior número de mulheres mortas de forma violenta, ficando atrás apenas de Roraima, onde a taxa ficou em 346,9%.
O levantamento também expõe as taxas registradas pelas capitais brasileiras. João Pessoa foi a terceira com maior crescimento de homicídios de mulheres, com mais de 10 mortes para cada 100 mil mulheres. Vitória e Maceió encabeçam a lista. Quanto aos municípios que possuem mais de 10 mil habitantes, a cidade do Conde (Litoral Sul, a 37 km de João Pessoa) ocupa a quarta colocação.

Conforme o levantamento, as mulheres negras são as principais vítimas de homicídios. O Mapa da Violência mostra que os as taxas de homicídios da população branca tende a cair, ao passo que os índices de vitimização da população negra crescem drasticamente. Ainda de acordo com o Mapa, as formas mais comuns de assassinatos são: estrangulamento, disparos de arma de fogo e golpes com objetos cortantes e contundentes.
Portal Correio