Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Dupla é presa utilizando bloqueador de alarmes para furtar carros em shopping de João Pessoa

Dupla é presa utilizando bloqueador de alarmes para furtar carros em shopping de João Pessoa

A polícia prendeu em flagrante na tarde desta segunda-feira (16) dois homens que...

Corpo encontrado na manhã desta segunda-feira (16) em Princesa Isabel é de um jovem de Manaíra, na PB
Simpática presidente da Croácia se torna exemplo para os políticos brasileiros

Simpática presidente da Croácia se torna exemplo para os políticos brasileiros

Nenhuma autoridade política se destacou tanto na Copa do Mundo 2018 quanto Kolinda...

Tavares: Secretaria de Assistência Social realiza cadastro de famílias a serem contempladas com o Programa Água para Todos

Tavares: Secretaria de Assistência Social realiza cadastro de famílias a serem contempladas com o Programa Água para Todos

A Prefeitura de Tavares, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Assistência...

TCE comunica a gestor do Sertão do Pajeú inconstitucionalidade sobre pensão graciosa ou especial por prefeitura

TCE comunica a gestor do Sertão do Pajeú inconstitucionalidade sobre pensão graciosa ou especial por prefeitura

Lei Municipal que admite concessão de pensão graciosa ou especial a viúva e filhos de...

 

Ângelo Lima

Em sentença proferida nesta terça feira (05) o juiz da 8ª Vara Federal da cidade de Sousa Dr. Marcos Antônio Mendes de Araújo Filho, condenou o ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Antônio Araújo de Oliveira (DEM) por ato de improbidade administrativa.

 

A ação foi impetrada pelo Ministério Público Federal e diz respeito a um convênio do município com o Ministério do Turismo na administração do ex-gestor, para a realização do Xamegão 2008 no valor de R$ 200 mil.

Pela denuncia, o MP apontou inexigibilidade e citou simulação de licitação na contratação de bandas, palco e iluminação, apontando que a execução financeira do convênio foi julgada reprovada conforme nota técnica de reanálise.

Na sua sentença, o juiz Marcos Antônio Mendes de Araújo Filho, condenou o ex-prefeito a ressarcir o erário público com a quantia de R$ 20 mil atualizados, mais multa civil de R$ 40 mil, além da proibição de contratação com o poder público e perda dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos, contados a partir do trânsito em julgado e perda da função pública, eventualmente ocupada.

Na semana passada, Dr. Carlos havia sido condenado em outro processo, também por improbidade administrativa a pagamento de multa no valor de R$ 10 mil, e perda dos direitos políticos por três anos pelo juiz da 8ª Vara da cidade de Sousa Dr. Diêgo Guimarães.

Veja  a sentença do magistrado: