Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Nesta segunda-feira (22/10) apoiadores do candidato a presidente Fernando Haddad (PT), na...

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

Por O GloboO ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu...

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Por Click PBO carro de Leopidio Maranhão, filho do senador José Maranhão, foi...

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Jornal da ParaíbaO Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, por unanimidade, o...

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Uma casa pegou fogo nesta sexta-feira (19), na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, e...

 

Segundo familiares, o autor do crime tem histórico médico de esquizofrenia.

G1 SE - Um  homem de 29 anos se entregou à polícia após matar a própria mãe a facadas por volta das 21h de quarta-feira (13) no Loteamento Dendê, no Bairro Santos Dumont, na Zona Norte de Aracaju (SE). A vítima tinha 59 anos e foi atingida por golpes de faca de cozinha no pescoço.

Segundo informações de familiares, o autor do crime tem histórico médico de esquizofrenia e já havia sido internado no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e no Hospital São José por causa do problema.

O genro da vítima disse à polícia que o cunhado é estava sendo tratado por médicos da rede particular e que ele utilizava remédio de uso controlado.

Na Delegacia Plantonista, os familiares disseram ainda que o autor já tinha demonstrado agressividade e a ideia fixa de ir embora, mas os pais dele o impediam. O homem disse que aos policiais civis que matou a mãe porque estava com raiva dela, que degolou a mulher com uma faca de cozinha. O criminoso morava com a mãe, o pai e irmão.