Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Vereadora Lenira - Tavares/PB

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

Nenhum texto alternativo automático disponível.

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

DO  SERTÃO PARAIBANO

Rádio Web

KM JUREMA

    Org. Pauliano Tomaz (Mimim)

Art Regina, Art com grafite

O CANAL DO BLOG NO YOUTUBE

     Comunicação Audiovisual                  

        fone: (83)9 98698213

            Hélio Mendes

STAR FOTO E VÍDEO

  

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

                   FECEBOOK

ESPAÇO DEMOCRÁTICO, MANDE 

SUAS INFORMAÇÕES.

VOCÊ É RESPONSÁVEL PELO

CONTEÚDO QUE NOS ENVIA!!!

 

 

Jovem tavarense, Mikael, que lutava contra um câncer  morre aos 24 anos de idade na cidade de Tavares

Jovem tavarense, Mikael, que lutava contra um câncer morre aos 24 anos de idade na cidade de Tavares

 Morreu na manhã desta quarta-feira , dia 17 de Janeiro de 2018,  Mikael...

Festa de padroeiro da comunidade Lajedo Bonito em Tavares, acontece neste sábado (20) com patrocínio da prefeitura municipal

Festa de padroeiro da comunidade Lajedo Bonito em Tavares, acontece neste sábado (20) com patrocínio da prefeitura municipal

A Comunidade do sitio Lajedo Bonito, na zona rural do município de Tavares, no Sertão da...

Justiça Federal recebe ação de improbidade contra ex-prefeito de Tabira Dinca Brandino

Justiça Federal recebe ação de improbidade contra ex-prefeito de Tabira Dinca Brandino

 A Justiça Federal de Pernambuco recebeu a ação de improbidade feita pelos...

Na Paraíba, Adolescente grávida é morta pelo companheiro na tarde desta terça-feira (16)

Na Paraíba, Adolescente grávida é morta pelo companheiro na tarde desta terça-feira (16)

 Uma adolescente que estaria grávida foi morta a facadas pelo próprio...

Moto é apreendida depois de intensa perseguição policial a dois homens, em Ibiara; dupla conseguiu fugir

Moto é apreendida depois de intensa perseguição policial a dois homens, em Ibiara; dupla conseguiu fugir

 Depois de uma intensa perseguição policial, dois homens abandonaram uma...

Homem é preso após efetuar disparos de arma de fogo em Serra Talhada

Homem é preso após efetuar disparos de arma de fogo em Serra Talhada

 Na manhã dessa segunda-feira, dia 15, um home foi preso após efetuar disparos...

Criminosos chegaram já atirando e vítimas só não foram atingidas porque vidros eram resistentes a tiros (Foto: Felipe Valentim/TV Paraíba)

Criminosos chegaram já atirando e vítimas só não foram atingidas

porque vidros eram resistentes a tiros (Foto: Felipe Valentim/TV Paraíba)

- Uma van que transportava pacientes da capital João Pessoa para a cidade de Tavares, no Sertão paraibano, foi interceptada por criminosos, na BR-230, em Campina Grande, na madrugada desta sexta-feira (12). Cerca de 20 pessoas, entre adultos e crianças foram rendidas pelos homens que estavam fortemente armados e chegaram já atirando contra o veículo. Um dos suspeitos chegou a jogar uma criança no chão durante a ação.

De acordo com as informações da Polícia Militar, o crime ocorreu por volta das 3h (horário local). A van passava próximo ao acesso ao aeroporto João Suassuna, quando os homens fecharam a passagem com um veículo HB20. Os criminosos chegaram já atirando. Os vidros da van eram resistente a tiros e por isso nenhuma vítima foi baleada. Os pneus da van foram todos furados. Até 7h desta sexta-feira, as vítimas continuavam no local a espera de um guincho.

Segundo a Polícia Militar, a suspeita é que os criminosos tenham confundido a van de pacientes com uma van que transporta comerciantes para Pernambuco. “É comum esse tipo de ação por aqui. Os criminosos buscam atacar os comerciantes. É tanto que eles já chegaram pedindo dinheiro e compras”, disse um cabo da Polícia Militar em entrevista a TV Paraíba.

Os homens agiram com agressividade e chegaram a jogar uma criança no chão. Foram roubados cerca de 15 celulares, bolsas com documentos e até sacolas com comidas. Uma das vítimas, que estava com os três filhos e o marido na van relatou como foram os primeiros instantes da ação.

“Eles chegaram muito violentos. Na hora dos tiros eu achei que já tinham até matado o motorista. Eu só me abaixei. Eles entraram puxando as bolsas e mandando entregar dinheiro. Eu fui a primeira a ser retirada. A gente pedia calma, mas eles disseram que iam matar todo mundo. Quando eu desci com meu filho no braço, um deles disse: Vai com calma que ela tá com uma criança no braço mesmo”, contou a vítima a TV Paraíba.