Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos

Imagens de câmeras de segurança mostram assalto a comerciante em frente a banco na cidade de Patos

Diário do SertãoUm vídeo com imagens de câmeras de segurança em que flagraram o...

Caminhão pipa capota após deslizar em barranco na área rural de Itaporanga

Caminhão pipa capota após deslizar em barranco na área rural de Itaporanga

Fonte BV OnlinePor volta das 11h30min da manhã desta segunda-feira (10) um Caminhão...

João vai a Brasília nesta quarta para discutir políticas de segurança pública em Fórum de Governadores

João vai a Brasília nesta quarta para discutir políticas de segurança pública em Fórum de Governadores

O governador eleito da Paraíba, João Azevêdo (PSB), participa nesta quarta-feira (12), em...

JURU: Prefeito Luiz Galvão solicita remoção do lixão para outra área

JURU: Prefeito Luiz Galvão solicita remoção do lixão para outra área

O prefeito de Juru, no Sertão da Paraíba, Luiz Galvão, protocolou junto ao IBAMA e a...

Homem mata cinco e se suicida em igreja de Campinas

Homem mata cinco e se suicida em igreja de Campinas

Um homem entrou na Catedral de Campinas, no centro da cidade, na tarde desta terça-feira...

167 Famílias Carentes são beneficiadas com o Programa Moradia Legal

em Água Branca.(VEJA O VÍDEO)

Um sargento da Polícia Militar foi raptado na manhã deste sábado (13), enquanto deixava a filha em um laboratório de análises clínicas, no Centro de Campina Grande.

Dois suspeitos do crime foram presos e um deles estaria envolvido no caso da van que transportava pacientes e foi alvo de tiros nessa sexta-feira (12), em Campina Grande.

A PM disse que a dupla armada abordou o policial quando ele parou o carro para deixar a filha no laboratório. Eles ordenaram que o sargento e a filha fossem para o banco de trás e um dos suspeitos passou a dirigir o carro.

Eles seguiram por alguns minutos até um semáforo na área central da cidade, onde o carro teve uma pane e parou. Os suspeitos desceram, roubaram o celular do sargento e tentaram fugir.

Imediatamente, o sargento pegou a direção do veículo, acionou a PM e teve o apoio da Rádio Patrulha, da Rotam e da Força Tática. Os suspeitos foram presos cinco minutos depois e levados para Central de Polícia em Campina Grande.

Caso da van

Segundo a PM, um dos suspeitos preso na ação contra o sargento neste sábado (13) seria foragido de João Pessoa e o outro participou do crime contra uma van que levava pacientes da Capital para o interior.

Bandidos armados abordaram uma van que levava pacientes, entre eles crianças, de João Pessoa para a cidade de Tavares, no Sertão. Os criminosos atiraram contra o veículo, mas não houve vítimas porque a van é blindada.

Após o veículo parar por causa dos pneus furados com tiros, os homens abordaram o motorista e deram uma coronhada na cabeça dele. Os crimiminosos levaram todos os pertences das vítimas, incluindo celulares e alianças e, de acordo com os pacientes, foram violentos a todo instante, dizendo que iriam matar todos.

Segundo uma das vítimas, os homens ficaram pedindo dinheiro e as compras, confundindo os pacientes com comerciantes, que costumam ir a Pernambuco.

O motorista da van, José Alves Feitosa, afirmou que achou que eles estivessem bêbados e, por conta disso, estivessem cortando luz e tentando ultrapassar.

Uma mulher, de 54 anos, estava com o neto, de apenas sete anos, que tem um problema na perna e estava em João Pessoa para o tratamento.

Em entrevista, ela afirmou que a todo momento só pensava na criança e que, passado o susto, estava considerando não fazer mais o tratamento, por medo de um novo assalto.

Uma comerciante que estava em outro veículo viu a movimentação e reduziu a velocidade. Os suspeitos notaram a sua presença e também roubaram o seu carro.

 

Fonte - Portal Correio