Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Em Catingueira, Ex-vereador Josivan Marques rompe com o prefeito Odir Borges e pode ter levado consigo três vereadores

Em Catingueira, Ex-vereador Josivan Marques rompe com o prefeito Odir Borges e pode ter levado consigo três vereadores

O ex-vereador e atual presidente do MDB de Catingueira, Josivan Marques, rompeu os laços...

Corpo de Promotor de eventos que ia se casar nesta quarta-feira com jovem de Piancó é encontrado em Jericó

Corpo de Promotor de eventos que ia se casar nesta quarta-feira com jovem de Piancó é encontrado em Jericó

De acordo com as primeiras informações, o corpo do jovem foi achado na Rodovia PB-325,...

Blog do Djacir Pereira vai retransmitir debate com candidatos ao Governo da Paraíba nesta segunda-feira (24)

Blog do Djacir Pereira vai retransmitir debate com candidatos ao Governo da Paraíba nesta segunda-feira (24)

Foto: Blog do LeviNa noite desta segunda-feira, dia 24 de setembro, o Portal Diário...

Pagamento do IPVA de veículos com placa final 9 deve ser antecipado na PB

Pagamento do IPVA de veículos com placa final 9 deve ser antecipado na PB

Donos de veículos de placa final 9 deverão antecipar o pagamento do Imposto Sobre a...

Prefeitura de Juru realiza Campanha de Vacinação contra a Raiva

Prefeitura de Juru realiza Campanha de Vacinação contra a Raiva

A prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Saúde, por meio...

 

Um sargento da Polícia Militar foi raptado na manhã deste sábado (13), enquanto deixava a filha em um laboratório de análises clínicas, no Centro de Campina Grande.

Dois suspeitos do crime foram presos e um deles estaria envolvido no caso da van que transportava pacientes e foi alvo de tiros nessa sexta-feira (12), em Campina Grande.

A PM disse que a dupla armada abordou o policial quando ele parou o carro para deixar a filha no laboratório. Eles ordenaram que o sargento e a filha fossem para o banco de trás e um dos suspeitos passou a dirigir o carro.

Eles seguiram por alguns minutos até um semáforo na área central da cidade, onde o carro teve uma pane e parou. Os suspeitos desceram, roubaram o celular do sargento e tentaram fugir.

Imediatamente, o sargento pegou a direção do veículo, acionou a PM e teve o apoio da Rádio Patrulha, da Rotam e da Força Tática. Os suspeitos foram presos cinco minutos depois e levados para Central de Polícia em Campina Grande.

Caso da van

Segundo a PM, um dos suspeitos preso na ação contra o sargento neste sábado (13) seria foragido de João Pessoa e o outro participou do crime contra uma van que levava pacientes da Capital para o interior.

Bandidos armados abordaram uma van que levava pacientes, entre eles crianças, de João Pessoa para a cidade de Tavares, no Sertão. Os criminosos atiraram contra o veículo, mas não houve vítimas porque a van é blindada.

Após o veículo parar por causa dos pneus furados com tiros, os homens abordaram o motorista e deram uma coronhada na cabeça dele. Os crimiminosos levaram todos os pertences das vítimas, incluindo celulares e alianças e, de acordo com os pacientes, foram violentos a todo instante, dizendo que iriam matar todos.

Segundo uma das vítimas, os homens ficaram pedindo dinheiro e as compras, confundindo os pacientes com comerciantes, que costumam ir a Pernambuco.

O motorista da van, José Alves Feitosa, afirmou que achou que eles estivessem bêbados e, por conta disso, estivessem cortando luz e tentando ultrapassar.

Uma mulher, de 54 anos, estava com o neto, de apenas sete anos, que tem um problema na perna e estava em João Pessoa para o tratamento.

Em entrevista, ela afirmou que a todo momento só pensava na criança e que, passado o susto, estava considerando não fazer mais o tratamento, por medo de um novo assalto.

Uma comerciante que estava em outro veículo viu a movimentação e reduziu a velocidade. Os suspeitos notaram a sua presença e também roubaram o seu carro.

 

Fonte - Portal Correio