Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Na tarde desta quinta-feira (16), o segundo fugitivo da cadeia pública de Itapetim, no...

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

ÚLTIMO DIA PARA SUA INSCRIÇÃO!A Prefeitura de Água Branca, na PB, através da...

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Veículo do sistema penitenciário foi interceptado por bandidos na rodovia PE-50,na...

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

Um soldado da Polícia Militar foi morto na BR-101, próximo ao viaduto que dá acesso...

 

 

Seis, das dez vítimas paraibanas que morreram em um acidente no último sábado (13) na BR-251, em Minas Gerais, são do município
Foto: Reprodução/Google Street View.
O clima na cidade de Catolé do Rocha, no Sertão da Paraíba, é de consternação. Seis, das dez vítimas paraibanas que morreram em um acidente no último sábado (13) na BR-251, em Minas Gerais, são do município.
 
Habitantes cidade descreveram a comoção no local e como estão lidando com as perdas. 
 
A comerciante Taísa Sousa disse que conhecia todas as vítimas que são da cidade e disse que o dia amanheceu diferente em Catolé do Rocha.
 
“Eu conhecia todos daqui de Catolé (do Rocha). A cidade está abalada. Por ser uma cidade pequena, a gente conhece todo mundo. O clima está pesado, todos estão bem abalados e na espera dos corpos. A gente já estava triste, mas com a chegada dos corpos, é bem diferente. O dia amanheceu triste”, declarou.
 
Fabiana Silva, também comerciante, afirmou que conhecia três das vítimas e que a cidade está em luto.
 
“Eu conhecia três pessoas. Elizângela e os dois filhos. A cidade está em luto. Estamos esperando os corpos, que estavam previsto para chegar no fim da manha, mas não chegaram ainda”, disse.
 
Outro habitante de Catolé do Rocha, que preferiu não se identificar, também lamentou as mortes e descreveu o clima do município.
 
“É uma tristeza. Morreu muita gente. É muito sério isto. Eu conhecia algumas pessoas. Sei nem explicar direito como é que é o sentimento”, finalizou.
 
Portal Correio