Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Na tarde desta quinta-feira (16), o segundo fugitivo da cadeia pública de Itapetim, no...

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

ÚLTIMO DIA PARA SUA INSCRIÇÃO!A Prefeitura de Água Branca, na PB, através da...

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Veículo do sistema penitenciário foi interceptado por bandidos na rodovia PE-50,na...

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

Um soldado da Polícia Militar foi morto na BR-101, próximo ao viaduto que dá acesso...

 

 

 

Uma mulher de 52 anos se entregou à polícia na manhã desta quinta-feira (1º) e confessou que matou o marido de 61 anos envenenado, em Campina Grande.
 
Segundo a Polícia Militar, o crime foi cometido por causa de ciúmes. A mulher disse à Polícia Civil que colocou um veneno usado para matar ratos no jantar do marido --cuscuz e refrigerante-- e na sequência foi dormir.
 
Segundo a delegada de homicídios Ellen Maria, Ednalva Laurindo Ferreira disse que cometeu o crime porque o marido tinha um relacionamento com outra mulher. O pedreiro Irenaldo Bezerra ingeriu os alimentos com veneno na noite de quarta-feira (31), no Conjunto Ronaldo Cunha Lima.
 
O idoso foi encontrado morto na cama onde dormia na manhã desta quinta-feira (1º). A mulher foi até a casa de parentes, onde confessou o crime, e os familiares acionaram a polícia. O casal vivia junto havia seis anos.
 
A mulher foi presa e levada para a carceragem na Central de Polícia da cidade. O corpo da vítima foi levado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande. 
 
Fonte:  G1