Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Mulher é morta a tiros no Distrito de Santo Aleixo, em Imaculada

Mulher é morta a tiros no Distrito de Santo Aleixo, em Imaculada

Uma mulher identificada por Maria de Lourdes (Lurdinha), foi assassinada na noite desta...

Divulgados locais de prova do concurso da prefeitura de Patos, PB

Divulgados locais de prova do concurso da prefeitura de Patos, PB

Foram divulgados nesta segunda-feira (19) os locais de prova do concurso da prefeitura de...

Casa Branca devolve credencial de jornalista da CNN que discutiu com Trump

Casa Branca devolve credencial de jornalista da CNN que discutiu com Trump

A Casa Branca cedeu e decidiu devolver nesta segunda (19) a credencial do jornalista da...

‘Caso de sucesso’: em seminário, Ricardo Coutinho apresenta resultados de gestão na PB

‘Caso de sucesso’: em seminário, Ricardo Coutinho apresenta resultados de gestão na PB

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, apresentou a palestra “Caso de Sucesso na...

 

A suplente de vereador, Francisca Alves de Oliveira Lourenço (PTB), do município de Vieirópolis, no sertão paraibano,  pode protagonizar um momento inusitado na política paraibana: exercer o mandato tendo alcançado apenas um voto nas eleições de 2012.

 
Na última sexta-feira (6) Francisca Alves ingressou com uma ação de perda de mandato contra a vereadora Luzia Andrade e a suplente Maria Luiza.
 
Ocorre que as duas em setembro deste ano deixaram o PTB e dois dias depois se filiaram no PSDB, igualmente ao vereador e presidente da Câmara, Hélio Dias, conhecido como Hélio de Moisés, o qual também fora acionado na Justiça Eleitoral pelo suplente Valteir de Oliveira, apelidado de Fofo do Riacho.
 
 
A ação foi ajuizada pelo advogado Lincoln Bezerra de Abrantes. Ele disse que dependo do entendimento da Justiça, os vereadores e a suplente podem perder seus cargos por terem mudado de partido sem qualquer justificativa.
 
Francisca Alves Lourenço é dona de casa, casada e pelo visto não conseguir sequer o voto do marido.

MaisPB