Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Segundo fugitivo da cadeia de Itapetim-PE é recapturado em Teixeira-PB

Na tarde desta quinta-feira (16), o segundo fugitivo da cadeia pública de Itapetim, no...

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

Atenção Água Branca para essa grande oportunidade!

ÚLTIMO DIA PARA SUA INSCRIÇÃO!A Prefeitura de Água Branca, na PB, através da...

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Preso é resgatado de carro do sistema penitenciário na Zona da Mata de Pernambuco

Veículo do sistema penitenciário foi interceptado por bandidos na rodovia PE-50,na...

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

PE: Soldado da PM é morto no caminho do trabalho em Goiana

Um soldado da Polícia Militar foi morto na BR-101, próximo ao viaduto que dá acesso...

 

 

Na tarde desta quarta-feira (07), agentes das Delegacias de Homicídios e Entorpecentes (DHE) e Roubos e Furtos (DRF), efetuara a prisão do popular Francisco de Assis da Silva, acusado de assassinar a tiros sua ex-companheira a jovem Francisca da Silva, mais conhecida como "Luana".

O advogado do acusado procurou a polícia para informar que o seu constituinte iria se entregar, relatando que o mesmo estava com medo de alguma represália.

 

Diantes das informações, os agentes civis deram início as diligências e conseguidaram localizar o acusado escondido em um bueiro, nas proximidades da linha férrea nas Várzeas de Sousa.

Francisco de Assis da Silva foi preso e encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, para serem adotados os procedimentos cabíveis, e ficará à disposição da Justiça.


Sertão Informado