Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Na Rádio Princesa, Hervázio Bezerra agradece aos princesenses pela vitória; deputado foi eleito com mais de 31 mil votos

Na Rádio Princesa, Hervázio Bezerra agradece aos princesenses pela vitória; deputado foi eleito com mais de 31 mil votos

O deputado estadual Hervázio Bezerra (PSB), esteve em Princesa Isabel, no Sertão da...

PREFEITURA ENTREGA ÓCULOS DE GRAUS NESTA SEXTA-FEIRA (19)

PREFEITURA ENTREGA ÓCULOS DE GRAUS NESTA SEXTA-FEIRA (19)

A prefeitura de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, entrega nesta sexta-feira (19),...

Homem é preso com plantação de maconha na casa onde morava em Princesa Isabel, PB

Homem é preso com plantação de maconha na casa onde morava em Princesa Isabel, PB

Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoPor G1 PB Um homem foi preso na tarde desta...

PREFEITURA DE PRINCESA REALIZA CAMINHADA EM ALUSÃO AO OUTUBRO ROSA

PREFEITURA DE PRINCESA REALIZA CAMINHADA EM ALUSÃO AO OUTUBRO ROSA

Com o intuito de chamar atenção, diretamente, para a realidade atual do câncer de...

 

Por Click PB

A Promotoria de Justiça de Itaporanga recomendou que o prefeito anule, no prazo de cinco dias, o Decreto Municipal nº 069/2017, que decretou situação de emergência em Itaporanga, no Sertão da Paraíba, sob pena de responder pela prática dolosa de ato de improbidade administrativa. É que o decreto teria sido motivado pela estiagem, sendo que nos últimos meses o índice pluviométrico que atingiu os principais açudes da região foi bastante elevado.

Segundo a recomendação, que foi publicada no Diário Oficial Eletrônico da última quarta-feira (27), o decreto possui vicio de legalidade em virtude de seu falso motivo. 

Na recomendação, o promotor Reynaldo Di Lorenzo Serpa destaca que o decreto municipal foi expedido utilizando-se de motivos “inidôneos, falsos e não autênticos”, pois que não existe situação de emergência decorrente do baixo índice pluviométrico e da estiagem em Itaporanga.

O açude Cachoeira dos Alves que abastece a cidade encontra-se atualmente com volume de 101% de sua capacidade total, conforme evidencia as informações obtidas através da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa).

A recomendação ressalta ainda que a Súmula 473 do STF estabelece que a administração pode anular seus próprios atos, quando eivados de vícios que os tornam ilegais. A prefeitura deverá encaminhar na próxima semana à Promotoria informações e provas documentais acerca das providências adotadas para cumprimento da recomendação.