Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Ladrões assaltam mercadinho em menos de 1 minuto e fogem com sacolas de dinheiro, no Sertão da PB

Ladrões assaltam mercadinho em menos de 1 minuto e fogem com sacolas de dinheiro, no Sertão da PB

Poucas horas após um assalto ser praticado a um mercadinho no bairro Nova Vida...

Homem é atingido por raio e sobrevive no Paraná

Homem é atingido por raio e sobrevive no Paraná

Um homem de 23 anos foi atingido por um raio quando se preparava para terminar uma...

Advogado natural do Vale do Piancó morre vítima de acidente de moto

Advogado natural do Vale do Piancó morre vítima de acidente de moto

O advogado Antônio Cláudio Carvalho Teotônio, conhecido por Cacau, de 47 anos,...

Chuvas nesse domingo (13/01) em Piancó causa prejuízos a empresas e torres de energia vem ao chão no Mirante de Santo Antonio

Chuvas nesse domingo (13/01) em Piancó causa prejuízos a empresas e torres de energia vem ao chão no Mirante de Santo Antonio

Várias empresas tiveram prejuízos diante da forte chuva que caiu sobre a cidade de Piancó...

MP pede mais de 1.500 anos de prisão para prefeito de Bayeux, PB, em nova denúncia à Justiça

MP pede mais de 1.500 anos de prisão para prefeito de Bayeux, PB, em nova denúncia à Justiça

Movimentação na Prefeitura de Bayeux antes de Berg Lima reassumir o cargo — Foto:...

Acesse o Site da Prefeitura de Água Branca, governo que trabalha com transparência

 

Agência do Banco do Brasil que foi alvo de explosão em Mari (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Agência do Banco do Brasil que foi alvo de explosão em Mari (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Fonte: G1 PB

Um grupo de pelo menos 20 pessoas explodiu o cofre de uma agência do Banco do Brasil na cidade de Mari, na Mata paraibana, na madrugada desta terça-feira (1º).

De acordo com a Polícia Militar, o grupo ainda tentou explodir os caixas eletrônicos de um segundo banco, mas a ação foi frustrada após a chegada dos policiais na cidade.

 

Segundo a tenente Aline Rosa, da PM, a ação aconteceu por volta das 3h. O grupo chegou no município em pelo menos quatro carros e duas moto e se dividiu na entrada da cidade. Parte dos assaltantes foi até o destacamento da polícia, onde ficaram atirando no prédio para impedir a saída dos policiais.

Parte da ação dos suspeitos foi flagrada por moradores do município. Em vídeos, é possível ver pessoas armadas caminhando pela cidade e também o barulho dos tiros efetuados pelos assaltantes antes da explosão. Assista ao vídeo do G1

Os demais integrantes do grupo foram até a agência do banco, na principal via da cidade. Eles quebraram o vidro de entrada e explodiram o cofre, levando dinheiro que estavam em malotes. A quantia levada ainda vai ser apurada pela perícia. Após a primeira explosão, o grupo se dirigiu a outra agência bancária, que fica na mesma rua.

“Quando soubemos da explosão em Mari, fomos até a cidade pelas estradas da zona rural, evitando as estradas principais de acesso a cidade pois sabíamos que haveria grampos. Assim conseguimos chegar ao município enquanto o segundo assalto ainda estava em andamento”, explicou a tenente.

Os suspeitos notaram a chegada da polícia e houve troca de tiros. O grupo abandonou o prédio, sem conseguir detonar os explosivos, e fugiu, se dividindo em direção às cidades de Guarabira e Caldas Brandão.

 

Houve uma perseguição, mas até as 8h40 a polícia não conseguiu encontrar os suspeitos. Um dos veículos usado na ação criminosa foi encontrado, uma caminhonete preta com os vidros pintados e sem placas. Segundo a PM, dentro do carro estavam notas de R$ 100, cheques, explosivos e grampos. O material apreendido foi levado para a delegacia de Sapé.