Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Piso salarial para médicos e dentistas está pronto para ser votado no Senado

Piso salarial para médicos e dentistas está pronto para ser votado no Senado

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) já tem condições de analisar o Projeto de...

Governo Municipal de Juru promove festa tradicional no Sítio Glória neste sábado (18)

Governo Municipal de Juru promove festa tradicional no Sítio Glória neste sábado (18)

A Prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, realizará a tradicional festa da...

JURU: Psicóloga do Nasf realiza palestra na UBS do Sítio Catolé e destaca a importância da Saúde Mental para a qualidade de vida
ConseCult-PB: Princesa Isabel terá urna para eleições do Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba

ConseCult-PB: Princesa Isabel terá urna para eleições do Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba

O Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba (ConseCult-PB) lançou o edital para...

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

Por Portal CorreioO juiz auxiliar da propaganda eleitoral do Tribunal Regional...

A Prefeitura de Água Branca, na PB, através do Setor de Identificação, esclarece que o atraso na emissão de carteiras de identidade (RG) se deve a ocorrência da interdição judicial do Instituto de Polícia Científica em João Pessoa (IPC). Informa ainda que os trabalhos de responsabilidade do órgão municipal sempre estiveram em pleno funcionamento.

Porém, a emissão do RG propriamente dita, primeira ou segunda via, depende do IPC que enfrenta demandas judiciais por supostas irregularidades e não tem atendido num tempo razoável os encaminhamentos dos municípios.

Mesmo diante da informação de que o órgão estadual poderá emitir o documento no prazo mínimo de 90 dias, a prefeitura deixa claro que, o trabalho de sua responsabilidade continua a ser prestado, muito embora não possa garantir entregas com urgência pelos motivos já expostos.

Entenda todo o caso CLICANDO AQUI

Assessoria