Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Piso salarial para médicos e dentistas está pronto para ser votado no Senado

Piso salarial para médicos e dentistas está pronto para ser votado no Senado

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) já tem condições de analisar o Projeto de...

Governo Municipal de Juru promove festa tradicional no Sítio Glória neste sábado (18)

Governo Municipal de Juru promove festa tradicional no Sítio Glória neste sábado (18)

A Prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, realizará a tradicional festa da...

JURU: Psicóloga do Nasf realiza palestra na UBS do Sítio Catolé e destaca a importância da Saúde Mental para a qualidade de vida
ConseCult-PB: Princesa Isabel terá urna para eleições do Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba

ConseCult-PB: Princesa Isabel terá urna para eleições do Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba

O Conselho Estadual de Política Cultural da Paraíba (ConseCult-PB) lançou o edital para...

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

Juiz anula pesquisa para o Governo da Paraíba por irregularidade

Por Portal CorreioO juiz auxiliar da propaganda eleitoral do Tribunal Regional...

Correios

O grupo Correios pretende intensificar a taxa de desemprego no Brasil ao declarar que irá fechar 513 agências e demitir 5.300 trabalhadores, segundo informações da colunista Andreza Matais, do Estadão. A proposta foi aprovada em fevereiro pela comissão diretora da empresa, mas mantida em sigilo há meses.

Em Minas Gerais, das 20 agências mais rentáveis, 14 encerrarão suas atividades. Já em São Paulo, 167 agências fecharão as portas.

O ex-presidente da Estatal Guilherme Campos afirma que o número de demissões poderá ser ainda maior, caso a empresa não consiga arcar com as dividas trabalhistas.  O grupo pretende economizar R$ 190 milhões com a ação. Brasil247