Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Canal do Blog no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

Festa de Nossa Senhora do Carmo, no Povoado Lagoinha, em Água Branca - PB

TV PREFEITURAS

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

700 famílias da PB serão assistidas por ação emergencial da LBV

700 famílias da PB serão assistidas por ação emergencial da LBV

A Legião da Boa Vontade (LBV), faz à entrega das cestas de alimentos não...

Wilson Braga, 88 anos: “Fui injustiçado na disputa pelo Senado”

Wilson Braga, 88 anos: “Fui injustiçado na disputa pelo Senado”

Diamante OnlineOs Guedes - O ex-governador Wilson Leite Braga, que completa,...

Novas ambulâncias, médicos e outros profissionais qualificam atendimento de Unidade Básica de Saúde em Tavares

Novas ambulâncias, médicos e outros profissionais qualificam atendimento de Unidade Básica de Saúde em Tavares

Na busca frequente pela agilidade e eficiência no atendimento à população, a Prefeitura...

ÁGUA BRANCA: Secretaria de Saúde se antecipa e promove ações preventivas do ‘Julho Amarelo’

ÁGUA BRANCA: Secretaria de Saúde se antecipa e promove ações preventivas do ‘Julho Amarelo’

Mantendo um olhar especial para as ações preventivas, a Secretaria de...

 

As manifestações contra os sucessivos reajustes dos preços dos combustíveis, organizadas por entidades representativas dos caminhoneiros, e agendadas para esta segunda-feira (21), a partir das 6 horas da manhã, nas rodovias da Paraíba, não poderão ser realizadas.

O juiz federal Emiliano Zapata  de  Miranda  Leitão da Seção Judiciária da Paraíba concedeu neste domingo (20) uma liminar que determina que manifestantes se abstenham de ocupar,  obstruir  ou  dificultar a passagem de veículos em rodovias federais no estado, sob pena de multa de R$ 200 mil ao  Sindicato  dos  Transportadores  Autônomos  de Cargas  no  Estado  da  Paraíba (SINDITAC/PB) e a  Federação  Interestadual  dos  Transportes  Rodoviários Autônomos  de  Cargas  e  Bens  da  Região  Nordeste (FECONE), bem como,  R$ 20 mil por pessoa física participante, por hora de interdição.

A decisão judicial foi tomada em resposta a uma ação de interdito proibitório movida pela Advocacia Geral da União (AGU), que, por sua vez, foi acionada pela Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Paraíba.

Ela autoriza a Polícia  Rodoviária  Federal, com o auxílio da Polícia Militar  do  Estado  da  Paraíba, a anotar  as  placas  dos veículos  que  estejam  a  impedir  ou  dificultar  a  livre  circulação, solicitar  dados relativos   à   própria  identidade,  CNH  e documentos  dos  veículos. (Portal T5)