Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bandidos armados assaltam mais uma farmácia no Centro de Serra Talhada e levam R$ 20

Bandidos armados assaltam mais uma farmácia no Centro de Serra Talhada e levam R$ 20

imagem ilustrada Bandidos armados assaltam mais uma farmácia no...

Governo cria programa de transporte escolar para alunos da Zona Rural da PB

Governo cria programa de transporte escolar para alunos da Zona Rural da PB

 Foto: Reprodução/TV ParaíbaPor G1 PB Um decreto publicado nesta...

 UBS DA SAUDADE EM PRINCESA ISABEL REALIZA PALESTRA E ATIVIDADES PARA HIPERTENSOS E DIABÉTICOS

UBS DA SAUDADE EM PRINCESA ISABEL REALIZA PALESTRA E ATIVIDADES PARA HIPERTENSOS E DIABÉTICOS

O grupo de Hipertensos e Diabéticos que são atendidos pela UBS da Saudade, em...

Preso por morte de adolescente na PB ajudou a reconhecer corpo e foi a velório, diz polícia

Preso por morte de adolescente na PB ajudou a reconhecer corpo e foi a velório, diz polícia

Um homem foi preso na quinta-feira (22) suspeito de matar um adolescente de 17...

5ª Conferência Municipal de Saúde será realizada na próxima semana em Tavares

5ª Conferência Municipal de Saúde será realizada na próxima semana em Tavares

A Prefeitura de Tavares, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Saúde, por meio...

 

 
O pagamento do 13º salário deve injetar na economia da Paraíba cerca de R$ 1,9 bilhão até o final de 2015. A estimativa foi divulgada nesta quarta-feira (11) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). 
 
O valor representa aproximadamente 1,12% do total que será pago no Brasil e 7,05% da região Nordeste. O montante equivale também a 3,8% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. 
 
O contingente de pessoas no estado que receberá o décimo terceiro foi estimado em 1,393 milhão, o correspondente a 1,65% do total que terá acesso ao benefício no Brasil. Em relação à região Nordeste, esse percentual é de 7,65%. 
 
 
Os empregados do mercado formal, celetistas ou estatutários, representam 49,7%, enquanto pensionistas e aposentados do INSS equivalem a 50,3%. O emprego doméstico com carteira assinada participa com 1,7%.
 
O número de pessoas que receberá o 13º salário em 2015 na Paraíba é aproximadamente 1,5% superior ao calculado em 2014. As estimativas mostram que cerca de 5,1 mil pessoas passarão a receber o benefício, por terem se inserido no mercado de trabalho formal paraibano. É destacado também que 15,46 mil pessoas receberão o benefício por terem requerido aposentadoria ou pensão pelo INSS.
 
Em relação aos valores que cada segmento receberá, a distribuição é a seguinte:os empregados formalizados ficam com 62,9% (R$ 1,224 bilhão) e os beneficiários do INSS, com 28,7% (R$ 558,2 milhões), enquanto aos aposentados e pensionistas do estado do Regime Próprio caberão 7% (R$ 136,131 milhões).
 
Em termos de valor médio, o 13º paraibano corresponde a R$ 1.279,09, valor que representa o terceiro menor valor médio para o 13º do país, ficando à frente apenas dos estados do Maranhão (R$ 1.237,39) e do Piauí (R$ 1.270,54). Estas médias, porém, não incluem o pessoal aposentado pelo regime próprio dos estados e dos municípios, cujo quantitativo não foi obtido pelo DIEESE.
 
Para efeito de comparação com 2014, quando o DIEESE estimou que cerca de R$ 1,733 bilhão entrariam na economia paraibana em consequência do pagamento do 13º, o valor apurado neste ano indica um crescimento da ordem de 12,3%, o que significaria um aumento da ordem de 3,4% acima da inflação prevista para o ano.
 
Dados Nacionais
 
Em nível nacional, o DIEESE estima que o 13º salário vai injetar R$ 173 bilhões na economia. O montante representa aproximadamente 2,9% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, e será pago aos trabalhadores do mercado formal, inclusive aos empregados domésticos; aos beneficiários da Previdência Social; e aos aposentados e beneficiários de pensão da União, dos estados e dos municípios. Perto de 84,4 milhões de brasileiros serão beneficiados com um rendimento adicional, em média, de R$ 1.924,00. 
 
O cálculo é baseado em dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), ambos do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Também foram consideradas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), referente a 2012, e informações do Ministério da Previdência e Assistência Social (MPAS) e da Secretaria Nacional do Tesouro (STN).  
 
Jornal da Paraíba