Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

O presidente Jair Bolsonaro informou a Gustavo Bebianno que decidiu demiti-lo do...

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

A GT Ordinária realizava rondas e abordagens nos bairros da cidade e ao chegar nas...

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Em Cacimba de Areia choveu das 17h30min às 19 horas e agora há pouco voltou a chover...

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Um vídeo, registrado câmeras de segurança, mostra o momento em que um...

 

PB Online

Uma confusão evolvendo juiz de direto da comarca de São João do Rio do Peixe, município localizado no Sertão do Estado, foi registrada nesta quinta-feira (24) em uma rodovia onde havia bloqueios de caminhoneiros.

Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o juiz Agílio Tomaz Marques é filmado discutindo com um homem supostamente integrante do movimento dos caminhoneiros.

Em determinado momento o juiz empurra o homem e solicita a presença de uma viatura para dar voz de prisão ao manifestante.

Em sua defesa, o juiz Agílio Tomaz explicou que procurou o manifestante para conversar porque ele estaria com o veículo parado na pista, mas o mesmo teria lhe agredido.

Foi então que o magistrado teria solicitado a presença de policias para deter o homem, que teria tentado fugir e foi alcançado pelo juiz. Segundo ele, a partir deste momento teria sido iniciada a gravação. O juiz tem sido criticado por abuso de autoridade. Ele nega.