Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Vereadora Lenira - Tavares/PB

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

Comunicação Audiovisual                  

fone: (83) 9-98698213

Hélio Mendes

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Tavares: Prefeito Ailton Suassuna assina mais um convênio com o governo do estado para pavimentação de ruas.

Tavares: Prefeito Ailton Suassuna assina mais um convênio com o governo do estado para pavimentação de ruas.

O prefeito de Tavares, no Sertão da Paraíba, Dr. Ailton Suassuna (MDB), assinou na última...

NESTA MADRUGADA (23.06) AGÊNCIAS DO BRADESCO E CORREIOS SÃO EXPLODIDAS EM IMACULADA/PB - FOTOS E VÍDEO.

NESTA MADRUGADA (23.06) AGÊNCIAS DO BRADESCO E CORREIOS SÃO EXPLODIDAS EM IMACULADA/PB - FOTOS E VÍDEO.

Após a ação os criminosos fugiram tomando destino ignorado. As agências do...

Filho é preso acusado de espancar e a mãe no Vale do Piancó

Filho é preso acusado de espancar e a mãe no Vale do Piancó

A Polícia Militar da cidade de Conceição foi acionada e prendeu, por volta das 22h,...

Juninho Pernambucano solta o verbo contra narração de Galvão Bueno

Juninho Pernambucano solta o verbo contra narração de Galvão Bueno

A seleção brasileira sofreu para vencer a Costa Rica nesta sexta-feira (22). A...

PB Online

Uma confusão evolvendo juiz de direto da comarca de São João do Rio do Peixe, município localizado no Sertão do Estado, foi registrada nesta quinta-feira (24) em uma rodovia onde havia bloqueios de caminhoneiros.

Em um vídeo que está circulando nas redes sociais, o juiz Agílio Tomaz Marques é filmado discutindo com um homem supostamente integrante do movimento dos caminhoneiros.

Em determinado momento o juiz empurra o homem e solicita a presença de uma viatura para dar voz de prisão ao manifestante.

Em sua defesa, o juiz Agílio Tomaz explicou que procurou o manifestante para conversar porque ele estaria com o veículo parado na pista, mas o mesmo teria lhe agredido.

Foi então que o magistrado teria solicitado a presença de policias para deter o homem, que teria tentado fugir e foi alcançado pelo juiz. Segundo ele, a partir deste momento teria sido iniciada a gravação. O juiz tem sido criticado por abuso de autoridade. Ele nega.