Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

JURU: Prefeitura instala placas de sinalização de trânsito na sede do município

JURU: Prefeitura instala placas de sinalização de trânsito na sede do município

A Prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, através da Secretaria de Infraestrutura,...

Despacho de Moro reforça falta de provas na sentença de Lula

Despacho de Moro reforça falta de provas na sentença de Lula

Lula MarquesPor lula.com.brO juiz Sérgio Moro, em despacho emitido...

Agentes comunitários de saúde cobram melhorias para a categoria

Agentes comunitários de saúde cobram melhorias para a categoria

Por Cristiano SacramentoAgentes comunitários de saúde realizaram um protesto na...

ÁGUA BRANCA: Prefeito Tom entrega novos brinquedos e fardamentos na Creche Dona Zezé

ÁGUA BRANCA: Prefeito Tom entrega novos brinquedos e fardamentos na Creche Dona Zezé

Cumprindo o calendário festivo do 59º aniversário de Emancipação Política do...

NEYMAR DECLARA APOIO A ROMÁRIO, CANDIDATO A GOVERNADOR DO RJ.

NEYMAR DECLARA APOIO A ROMÁRIO, CANDIDATO A GOVERNADOR DO RJ.

REUTERS O jogador do PSG gravou um vídeo para a campanha do...

 

A cada 100 kWh, será cobrado R$ 5,00 na conta de luz / Foto: André Nery/ Acervo JC Imagem

ABr e JC
 
As contas de luz em junho terão bandeira tarifária vermelha no patamar 2, o maior patamar entre as faixas tarifárias. Com isso, haverá cobrança extra nas contas de luz de R$ 5,00 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A cobrança da nova bandeira foi anunciada nesta sexta-feira (25) pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
 
De acordo com a Aneel, a decisão do aumento da conta de luz foi tomada em razão do fim do período chuvoso e a redução no volume dos reservatórios das usinas hidrelétricas. Com isso, há a necessidade de usar energia produzida pelas usinas termelétricas, que têm maior custo de produção.
 
"Com o fim do período úmido, os reservatórios do Sul apresentaram redução de volume provocando o aumento do risco hidrológico (GSF) e o preço da energia no mercado de curto prazo (PLD). Além disso, a previsão de chuvas é baixa quando comparada à média histórica. O GSF e o PLD são as duas variáveis que determinam a cor da bandeira a ser acionada", disse a agência.
 
Em maio, vigorou a bandeira tarifária amarela, em que há adicional de R$ 1 na conta de energia do consumidor a cada 100 kWh consumidos. Nos quatro primeiros meses dos ano, vigorou a bandeira verde, em que não há cobrança extra na conta de luz.
 
Na terça-feira (22), o presidente da Aneel, Romeu Rufino chegou a afirmar que a tendência era de manutenção da bandeira amarela. Segundo Rufino não houve alterações relevantes nas condições que levaram a agência a adotar a bandeira amarela agora em maio.
Sistema
O sistema de bandeiras tarifárias foi criado, de acordo com a Aneel, para sinalizar aos consumidores os custos reais da geração de energia elétrica. A adoção de cada bandeira, nas cores verde, amarela e vermelha (patamar 1 e 2), está relacionada aos custos da geração de energia elétrica. No patamar 1, o adicional nas contas de luz é de R$ 3,00 a cada 100 kWh; já no 2, o valor extra sobe para R$ 5,00.
 
Com a adoção da bandeira vermelha, a Aneel aconselha os consumidores a adotar hábitos que contribuam para a economia de energia, como tomar banhos mais curtos utilizando o chuveiro elétrico, não deixar a porta da geladeira aberta e não deixar portas e janelas abertas em ambientes com ar condicionado, entre outros.