Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Filho mata a própria mãe e ateia fogo no corpo da vítima; veja detalhes

Filho mata a própria mãe e ateia fogo no corpo da vítima; veja detalhes

Nas primeiras horas do último sábado (16), a Polícia Militar da cidade de Pau dos Ferros,...

Mulher é presa ao tentar com droga no Presídio Padrão de Cajazeiras

Mulher é presa ao tentar com droga no Presídio Padrão de Cajazeiras

Uma Mulher identificada Por Rafaela Guedes de Paula de 23 anos, foi flagrada tentando...

Kombi pega fogo quando era abastecida em posto de combustíveis, em Patos

Kombi pega fogo quando era abastecida em posto de combustíveis, em Patos

Na tarde deste domingo (17) uma Kombi pegou fogo durante abastecimento no Posto de...

PRINCESA ISABEL: Dia do Artista Princesense será celebrado com homenagens e apresentações culturais

PRINCESA ISABEL: Dia do Artista Princesense será celebrado com homenagens e apresentações culturais

No dia 19 de março é comemorado o Dia do Artista Princesense, graças a uma Lei municipal...

Governo Municipal de Água Branca beneficia o "homem do campo" com o Programa de Aração de Terra.

 

O Tribunal do Juri se reúne hoje, dia 07 de junho, no novo Fórum de Tabira sob a Presidência do juiz Rodrigo Barros Tomaz do Nascimento para o julgamento de Hebson Thiago Silva Sampaio.
 
Ele é acusado de atropelar e matar duas jovens no dia 19 de dezembro de 2013, no Bairro do Riacho do Gado.
No acidente, uma das jovens, Andreza Thaylane Ferreira dos Santos, 18 anos, faleceu no local, e a outra, Rosália Medeiros Oliveira, 19 anos, em hospital do Recife.
 
O acidente aconteceu quando o veículo Montana, de placa MOF-5422, atingiu as duas estudantes que andavam pelo acostamento da PE-320. As jovens retornavam do Campestre Clube ao lado de outros estudantes após ornamentarem o local para a festa de suas formaturas.
 
Foi um dos primeiros casos onde houve flagrante entendimento de homicídio doloso em caso de atropelamento sob influência de álcool. Hebson foi autuado por homicídio pela delegada plantonista no dia da ocorrência. 
 
De acordo com o processo, ele estava embriagado quando guiava o veículo e que isso foi fator determinante para que perdesse o controle do carro e atropelasse as duas jovens.
 
A juíza Clênia Pereira de Medeiros decidiu, à época, que Hebson fosse a Júri Popular. Atuará pelo Ministério Público a Dra. Eryne Luna e como advogado da defesa o Dr. Luciano Pacheco.
Por Nill Junior