Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Vereadora Lenira - Tavares/PB

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

Comunicação Audiovisual                  

fone: (83) 9-98698213

Hélio Mendes

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Tavares: Prefeito Ailton Suassuna assina mais um convênio com o governo do estado para pavimentação de ruas.

Tavares: Prefeito Ailton Suassuna assina mais um convênio com o governo do estado para pavimentação de ruas.

O prefeito de Tavares, no Sertão da Paraíba, Dr. Ailton Suassuna (MDB), assinou na última...

NESTA MADRUGADA (23.06) AGÊNCIAS DO BRADESCO E CORREIOS SÃO EXPLODIDAS EM IMACULADA/PB - FOTOS E VÍDEO.

NESTA MADRUGADA (23.06) AGÊNCIAS DO BRADESCO E CORREIOS SÃO EXPLODIDAS EM IMACULADA/PB - FOTOS E VÍDEO.

Após a ação os criminosos fugiram tomando destino ignorado. As agências do...

Filho é preso acusado de espancar e a mãe no Vale do Piancó

Filho é preso acusado de espancar e a mãe no Vale do Piancó

A Polícia Militar da cidade de Conceição foi acionada e prendeu, por volta das 22h,...

Juninho Pernambucano solta o verbo contra narração de Galvão Bueno

Juninho Pernambucano solta o verbo contra narração de Galvão Bueno

A seleção brasileira sofreu para vencer a Costa Rica nesta sexta-feira (22). A...

 
Por Redação da Folha - Por unanimidade, mas com ressalvas, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu parecer favorável à aprovação das contas da Prefeitura de Itaporanga e do Fundo Municipal de Saúde referentes ao exercício financeiro de 2013, primeiro ano da atual gestão municipal.
 
O julgamento das contas do prefeito ocorreu na manhã desta quarta-feira, 11, mas a decisão favorável do TCE à prestação de contas contrariou o entendimento do Ministério Público (MP), representado pela procuradora Sheila Barreto, que relatou pela rejeição das contas do gestor municipal em razão, conforme órgão, de várias irregularidades e infração à Lei de Responsabilidade Fiscal.
 
Entre as ilegalidades detectadas pela própria auditoria do tribunal de contas, e aprofundadas pelo Ministério Público, estão o déficit orçamentário superior a 2,3 milhões de reais, ou seja, o município gastou mais do que arrecadou. Outra irregularidade apontada pelo MP foi a contratação de servidores temporários com base em uma lei municipal julgada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça do Estado. Mesmo depois que a decisão da corte de Justiça passou a vigorar, o prefeito continuou contratando e chegou ao final do exercício financeiro com 370 servidores sem concurso, conforme relatório do processo. Outros problemas foram: gastos além do limite de 60% com servidores municipais; e falta de recolhimento da contribuição patronal ao INSS.
 
Diante desses problemas, os conselheiros do TCE, por sugestão do relator do processo, decidiram multar o prefeito e a gestora à época do Fundo Municipal de Saúde, mas votaram pela aprovação da prestação de contas com ressalvas, que, agora, será encaminhada à Câmara Municipal, a quem compete o julgamento final. A corte de contas repetiu hoje o que fez na gestão municipal passada, quando aprovou algumas contas do ex-prefeito também contrariando o Ministério Público em função de várias irregularidades encontradas pelo MP. Foto: relator do processo de julgamento das contas durante leitura do seu parecer, favorável à aprovação.