Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Nesta segunda-feira (22/10) apoiadores do candidato a presidente Fernando Haddad (PT), na...

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

Por O GloboO ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu...

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Por Click PBO carro de Leopidio Maranhão, filho do senador José Maranhão, foi...

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Jornal da ParaíbaO Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, por unanimidade, o...

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Uma casa pegou fogo nesta sexta-feira (19), na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, e...

 

Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo/BRASÍLIA

Política Estadão

BRASÍLIA – O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu ouvir primeiramente a Procuradoria-Geral da República (PGR) antes de decidir sobre o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de suspender a prisão.

A defesa do ex-presidente, preso há mais de dois meses, entrou no início deste mês com um novo pedido de liberdade no STF e Superior Tribunal de Justiça (STJ). A petição é para que as Cortes suspendam os efeitos da condenação no caso do triplex no Guarujá até que julguem no mérito os recursos extraordinário (analisado no STF) e especial (do STJ).

“Diante da relevância do tema, faz-se mister que se ouça a Procuradoria-Geral da República previamente. Destarte, abra-se vista à PGR. Publique-se. Intime-se”, determinou Fachin, em decisão assinada nesta segunda-feira.

Os recursos, contra a condenação que resultou na prisão de Lula, ainda precisam ser admitidos pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que já rejeitou a concessão de efeito suspensivo no caso.

“O nosso cliente tá sofrendo uma injustiça e uma prisão que se diz confortável, mas nunca é confortável uma prisão em solitária, como ele está. E injusta”, disse o advogado de Lula, Sepúlveda Pertence, depois de audiência com Fachin nesta segunda-feira.