Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Nesta segunda-feira (22/10) apoiadores do candidato a presidente Fernando Haddad (PT), na...

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

Por O GloboO ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu...

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Por Click PBO carro de Leopidio Maranhão, filho do senador José Maranhão, foi...

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Jornal da ParaíbaO Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, por unanimidade, o...

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Uma casa pegou fogo nesta sexta-feira (19), na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, e...

 

Uma mulher, de 34 anos, foi presa na tarde desta última segunda-feira (11), em Itabuna, no sul baiano. Wane Brenda Oliveira é acusada de usar chumbinho para matar dois namorados, no período de oito meses em 2017. 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP-BA), a suspeita é que a acusada matou os ex-companheiros quando teria descoberto a intenção dos parceiros de terminar o relacionamento. 

Conforme as investigações, nos dois casos, a acusada levou as vítimas até uma unidade de saúde, após efeito do veneno, mas os parceiros não resistiram. O primeiro caso ocorreu com Edvaldo Araújo Alves, de 40 anos, que namorou com a acusada por um ano. Ele morreu em 16 de abril do ano passado. Após passar mal na casa da namorada, Edvaldo morreu no Hospital de Base de Itabuna e a morte foi atribuída a um infarto fulminante. 

Conforme a delegada Magda Figueiredo, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Itabuna, a versão não convenceu a família que afirmava que Edvaldo estava insatisfeito com o relacionamento e pretendia romper a relação. Pouco tempo depois, Wane Brenda começou um relacionamento com Evandro Bonfim de Souza, de 40 anos. Ainda segundo a Polícia, um dia Evandro se sentiu mal e foi levado por Wane Brenda a um hospital. Na unidade de saúde, o médico que atendeu Evandro informou que os sintomas eram semelhantes aos encontrados em Edvaldo. 

Na internação, que durou nove dias, Wane Brenda fez o papel de acompanhante de Evandro. No entanto, antes de receber alta, ele sofreu uma parada cardíaca. Ao ser submetido a uma lavagem estomacal foram encontrados vestígios de uma substância semelhante ao veneno. De acordo com a polícia, o estado de saúde de Evandro piorou e no dia 3 de dezembro foi constatada sua morte cerebral. Após inquérito instaurado pela Polícia Civil, foi constatado que os dois homens foram envenenados. (Blog: O Povo com a Notícia)