Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Homem é morto a tiro, durante emboscada, no Vale do Piancó

Homem é morto a tiro, durante emboscada, no Vale do Piancó

Um homem, identificado como Lourimar Carneiro Feitoza, conhecido como “Lorimar...

Salário mínimo será de R$ 1.006 após Comissão aprovar Orçamento de 2019. SAIBA MAIS...

Salário mínimo será de R$ 1.006 após Comissão aprovar Orçamento de 2019. SAIBA MAIS...

De acordo com informação da Rádio Jornal, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) aprovou o...

João de Deus será considerado foragido se não se entregar hoje

João de Deus será considerado foragido se não se entregar hoje

João de Deus terá que se entregar às autoridades até 14 horas deste sábado (15). Se não...

Inter de Milão dá prioridade ao Flamengo por Gabigol e Miranda, mas quer Lincoln

Inter de Milão dá prioridade ao Flamengo por Gabigol e Miranda, mas quer Lincoln

ExtraAlguns dos alvos do Flamengo para reforçar o time em 2019, o atacante Gabigol e...

Na primeira semana de pagamento, mais de 150 mil famílias recebem o abono natalino

Na primeira semana de pagamento, mais de 150 mil famílias recebem o abono natalino

Pauta PB O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do...

167 Famílias Carentes são beneficiadas com o Programa Moradia Legal

em Água Branca.(VEJA O VÍDEO)

Funcionário de TV tenta salva-lo e acaba esfaqueado na mão.

Foi necessário um disparo de taser – arma não letal de choque elétrico – contra Juarez Pereira da Silva para que ele não cometesse suicídio na manhã desta segunda-feira (18), no pátio da RBA TV, em Marabá.

 

Ele chegou por volta das 9h e se dirigiu à recepção da emissora, muito nervoso, reclamando que alguém estava usando o nome dele para fazer compras.

 

Em seguida, saiu e entrou no automóvel em que havia chegado, um Corsa Classic, e ateou fogo no carro. Um funcionário da TV correu e retirou Juarez, cujas roupas começavam a queimar, de dentro do carro.

Já fora do veículo em chamas, Juarez sacou de uma faca e ainda feriu a mão do rapaz que o salvou do fogo. Depois, disse que ia se matar usando a arma branca. Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Guarda Municipal foram chamados.

O primeiro a tentar dissuadir Juarez da Silva de cometer suicídio foi o subtenente J. Rodrigues, da PM. O homem não atendeu às ponderações do oficial e disse que estava determinado a acabar com a própria vida.

Foi então que, diante do iminente suicídio, o inspetor Carvalho e os guardas F. Costa e Willis, da Guarda Municipal, decidiram que o único meio de evitar que o home se matasse seria o emprego do taser, uma arma de eletrochoque que usa uma corrente elétrica para imobilizar pessoas que estejam representando alguma ameaça a alguém ou à ordem pública.

Coube a F. Costa disparar a arma de choque, jogando Juarez ao chão, sendo logo em seguida desarmado e socorrido pelo Samu, que já estava no local. O homem, devido a primeira tentativa de suicídio, apresentava várias queimaduras pelo corpo e foi removido ao Hospital Municipal.

Só este ano, a Guarda Municipal teve de utilizar mais de quatro vezes o taser para salvar vidas. Na maioria dos casos foram intervenções envolvendo pessoas apresentando distúrbios mentais, atentando contra a própria vida.

Fonte: Ze Dudu