Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL COMEÇA DIA 4 DE AGOSTO EM ÁGUA BRANCA E COMISSÃO ESTIMA 21 MIL REAIS EM PREMIAÇÃO

CAMPEONATO MUNICIPAL DE FUTEBOL COMEÇA DIA 4 DE AGOSTO EM ÁGUA BRANCA E COMISSÃO ESTIMA 21 MIL REAIS EM PREMIAÇÃO

O INVESTIMENTO TOTAL NO CAMPEONATO SERÁ DE APROXIMADAMENTE 30 MIL REAIS COMO FORMA DE...

'Sou pré-candidata à senadora', revela Daniella no Programa Frente a Frente da Arapuan

'Sou pré-candidata à senadora', revela Daniella no Programa Frente a Frente da Arapuan

Após um período longe do holofotes ao ter seu nome sondada para o Senado por basicamente...

Prefeitura de Santana dos Garrotes mantem “Esquenta”, em festa de senhora Sant’Ana

Prefeitura de Santana dos Garrotes mantem “Esquenta”, em festa de senhora Sant’Ana

A prefeitura de Santana dos Garrotes dar total apoio ao 2º Esquenta, festa que já é...

Mãe do jogador Taison da Seleção Brasileira é sequestrada em Pelotas

Mãe do jogador Taison da Seleção Brasileira é sequestrada em Pelotas

A mãe do jogador Taison, do Shakhtar Donetsk e da Seleção Brasileira, foi sequestrada...

Após receber diversas ameaças de morte, uma mulher foi esfaqueada pelo ex-companheiro na noite desta terça-feira (19), na cidade de Mamanguape,  Zona da Mata paraibana. O crime teria acontecido em uma granja.

A vítima estava separada do suspeito há quase dois anos. Segundo alguns familiares, ela vinha recebendo ameaças de morte e chegou a denunciar algumas. Apesar disso, após uma discussão, o suspeito atingiu a ex-companheira com golpes de faca na cabeça e no braço.

Ela foi socorrida para o Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa.

Familiares da vítima disseram que o suspeito fugiu após a ação. Eles viveram juntos por cinco anos e tinham dois filhos. (Portal T5)