Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

JURU: Prefeitura realiza novo ciclo de pavimentação de ruas na cidade

JURU: Prefeitura realiza novo ciclo de pavimentação de ruas na cidade

A Prefeitura de Juru, no Sertão da Paraíba, por meio da Secretaria Municipal de...

Tavares: Noticia de acidente envolvendo vice-prefeito é ‘Fake News’

Tavares: Noticia de acidente envolvendo vice-prefeito é ‘Fake News’

'Fake News'Não procede a notícia que o vice-prefeito da cidade de Tavares, no...

PRINCESA ISABEL: XVI edição da Festa da Mandioca leva grande público nos três dias de evento. SAIBA MAIS...

PRINCESA ISABEL: XVI edição da Festa da Mandioca leva grande público nos três dias de evento. SAIBA MAIS...

A segunda noite, no sábado, teve início com o desfile para escolha dos rei, rainha e...

Jovem desaparecida é achada morta com mãos e pés amarrados...

Jovem desaparecida é achada morta com mãos e pés amarrados...

Uma jovem de 16 anos que estava desaparecida foi achada morta nessa sexta-feira (21), em...

Em Tavares mais de 300 idosos participaram da Caminhada pelo Envelhecimento Saudável

Em Tavares mais de 300 idosos participaram da Caminhada pelo Envelhecimento Saudável

No último sábado (22/09), a Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de...

 

1ª DP, em Brasília (Foto: Reprodução/TV Globo)

A médica pediatra Juliana de Pina Araújo é suspeita de matar por overdose de medicação o próprio filho de apenas 3 anos, nesta quinta-feira (28), em Brasília. Quando ela foi presa, a polícia encontrou envelopes com remédios de uso controlado no lixo e ao lado do corpo da criança, que foi encontrada morta na cama. Também foi encontrada uma mamadeira com leite ao lado do bebê, onde supostamente o remédio foi administrado.

 

A médica tem 34 anos, é servidora do Samu e sofre de depressão. De acordo com informações dos vizinhos, ela fez um corte no pescoço e correu pelas escadas do prédio, que fica localizado na Asa Sul, sangrando. O porteiro foi quem a segurou e os moradores chamaram a polícia. Ao entrar no apartamento perceberam que a criança não acordava. Devido as circunstâncias do caso, a justiça do Distrito Federal decidiu mantê-la em prisão por tempo indeterminado. (Via Correio24horas)