Pesquisa no Blog

Conheça o autor

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

REAL JUREMA CAMPEÃ 2017 DO CAMPEONATO TAVARENSE DE FUTEBOL

 

 

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

  Comunicação Audiovisual

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Manifestantes a favor de Haddad em Tavares realizarão “Caminhada da Vitória” nesta segunda-feira (22)

Nesta segunda-feira (22/10) apoiadores do candidato a presidente Fernando Haddad (PT), na...

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

TSE abre investigação para apurar crime de Caixa 2 eleitoral de Bolsonaro

Por O GloboO ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), abriu...

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Assaltantes disparam quatro tiros no carro do filho de José Maranhão

Por Click PBO carro de Leopidio Maranhão, filho do senador José Maranhão, foi...

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Supremo derruba pagamento de pensão para ex-governadores da Paraíba

Jornal da ParaíbaO Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu, por unanimidade, o...

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Celular pode ter causado incêndio em residência no interior da PB

Uma casa pegou fogo nesta sexta-feira (19), na cidade de Sousa, Sertão da Paraíba, e...

 

Foto: Reprodução / Internet

Por Carlos RochaA Justiça da Paraíba condenou a 29 anos e dois meses de prisão o homem acusado de abusar sexualmente das duas filhas.

O idoso de 63 anos foi detido na noite da última quarta-feira (8), por agentes da Força Tática do 4º Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Guarabira. 

O policiais cumpriram um mandado expedido pela Vara Única da Comarca de Alagoinha, cidade onde aconteceu o crime.

Segundo a justiça, o crime era praticado anos e começou quando as filhas tinham 8 e 10 anos de idade. A denúncia só veio em 2016, quando as vítimas já tinham 15 e 17 anos.

Como havia dificuldade para localizá-lo, as buscas começaram no início da tarde da quarta-feira, comandadas pelo major Silva Ferreira e duraram quase sete horas.

 

A sentença deve ser cumprida inicialmente em regime fechado. Depois de preso, o acusado foi conduzido ao Fórum de Alagoinha, onde foi apresentado e em seguida recolhido para a cadeia pública da cidade para cumprir a pena. Via Portal T5