Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

Canal do Blog no YouTube

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Pauliano Tomaz

Governo do Estado diz que empresa recebeu ‘valores indevidos’ por obra do Aeroporto de Serra Talhada

Governo do Estado diz que empresa recebeu ‘valores indevidos’ por obra do Aeroporto de Serra Talhada

Blog de JamildoO Departamento de Estradas de Rodagem de Pernambuco (DER-PE) expediu...

Ex-prefeito de Catingueira é condenado por desvio de recursos no valor de R$ 116 mil

Ex-prefeito de Catingueira é condenado por desvio de recursos no valor de R$ 116 mil

Portal CorreioO ex-prefeito do município de Catingueira, José Edivan Félix, foi...

Pacientes denunciam falta de medicamentos no Laureano e crianças estão indo se tratar em PE

Pacientes denunciam falta de medicamentos no Laureano e crianças estão indo se tratar em PE

O Portal ClickPB recebeu diversas denúncias de familiares e pacientes que estão com seus...

Justiça determina que Guido Mantega coloque tornozeleira eletrônica

Justiça determina que Guido Mantega coloque tornozeleira eletrônica

G1 A Justiça determinou que o ex-ministro Guido Mantega coloque tornozeleira...

Tarifa de energia fica 4,27% mais barata na Paraíba

Tarifa de energia fica 4,27% mais barata na Paraíba

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira (20), a redução...

  

A Câmara dos Deputados analisa o Projeto de Lei 9930/18, da deputada Erika Kokay (PT-DF), que criminaliza a divulgação, sem consentimento, de foto, vídeo ou outros materiais relativos à intimidade de mulher.

A proposta acrescenta artigo ao Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), prevendo pena de detenção de três meses a um ano mais multa para o crime.

Pelo texto, a pena será aumentada da metade caso a captação da foto, vídeo ou outros materiais relativos à intimidade de mulher decorra de atividade profissional comercial ou funcional.

A pena será aumentada da metade também no caso de utilização clandestina de câmeras em banheiros públicos, imóveis alugados ou quartos de hotel.

O texto também altera a Lei Maria da Penha (11.340/06), para que o comportamento passe a ser considerado violência psicológica.

“É inadmissível que a fragilidade da mulher seja exposta por qualquer meio, seja físico ou digital”, justifica a parlamentar.

Outras propostas
A Câmara dos Deputados já aprovou, no ano passado, outra proposta que considera como violência contra a mulher a divulgação pela internet, ou em outro meio de propagação, de informações, imagens, dados, vídeos, áudios, montagens ou fotocomposições da mulher sem o seu expresso consentimento (PL 5555/13). 

O projeto foi enviado ao Senado, onde foi modificado, e agora as alterações serão analisadas pela Câmara.

Atualmente, o Código Penal já tem uma tipificação (Lei Carolina Dieckmann) para o crime de invasão de dispositivo informático, com pena de reclusão de seis meses a 2 anos, e aumento de um a dois terços quando houver a divulgação a terceiros do conteúdo obtido.

Tramitação
A proposta será analisada pelas comissões de Defesa dos Direitos da Mulher; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Em seguida, será votada pelo Plenário.

Fonte: Câmara dos Deputados