Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

O presidente Jair Bolsonaro informou a Gustavo Bebianno que decidiu demiti-lo do...

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

A GT Ordinária realizava rondas e abordagens nos bairros da cidade e ao chegar nas...

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Em Cacimba de Areia choveu das 17h30min às 19 horas e agora há pouco voltou a chover...

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Um vídeo, registrado câmeras de segurança, mostra o momento em que um...

 

Via Parlamento PB

O prefeito interino da cidade de Patos, Bonifácio Rocha (PPS), continua fazendo exonerações de cargos comissionados, servidores com determinações judiciais de impedimento de exercer as funções e contratados na tentativa de equilibrar os gastos públicos com pessoal.

Nesta sexta-feira, dia 14, o Diário Oficial trouxe exonerações de três funcionários que estavam na Prefeitura Municipal de Patos como fiscais de tributos, no entanto, existiam determinações do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ/PB) para exoneração, porém, o prefeito afastado não havia cumprido a determinação.

Os fiscais de tributos Davi Sousa dos Santos, Robson Soares de Sousa e Adilson da Silva Santos estavam na folha de pagamento recebendo os vencimentos que são inerentes aos demais servidores do cargo, ou seja, mais de R$ 16.000,00.

Ocorre que eles haviam ingressado nos cargos através de decisões judiciais conquistados em primeira instância, mas que foram revistas pelo TJ/PB determinando a exoneração.

De acordo com levantamento do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), as exonerações na gestão do prefeito interino Bonifácio Rocha já ultrapassam 145 pessoas. Em contrapartida foram nomeados 42 servidores.