Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

Bolsonaro avisa a Bebianno que ele está demitido

O presidente Jair Bolsonaro informou a Gustavo Bebianno que decidiu demiti-lo do...

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

Homem flagrado com 7 pinos de cocaína em São José do Egito

A GT Ordinária realizava rondas e abordagens nos bairros da cidade e ao chegar nas...

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Patos registra uma boa chuva na noite de ontem (15)

Em Cacimba de Areia choveu das 17h30min às 19 horas e agora há pouco voltou a chover...

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Câmera flagra momento em que homem atira em taxista após briga de trânsito, em JP

Um vídeo, registrado câmeras de segurança, mostra o momento em que um...

 

Foto: Francisco Cepeda/AgNews

Vários familiares e amigos de Franco Scornavacca estiveram na Assembleia Legislativa de São Paulo, onde aconteceu o velório do ex-músico e empresário. Ele morreu ainda no último sábado (15), aos 70 anos de idade, após sofrer uma parada cardíaca.
Entre os presentes, estavam Kiko, Leandro e Bruno, integrantes do KLB e filhos de Franco. Na companhia de seus parentes, inclusive a mãe, Regina Scornavacca, os três deram o último adeus ao pai.
Adriane Galisteu, Ronnie Von, Junno Andrade, Vanessa Jackson e Natália Guimarães (esposa de Leandro) também estiveram no local, para o último adeus ao ex-músico e empresário.
O Padre Marcelo Rossi celebrou uma missa, também na ocasião.Franco Scornavacca se tornou conhecido, como cantor, entre as décadas de 60 e 70, e, já em 1980, decidiu deixar a carreira artística, para se tornar empresário, trabalhando inclusive com a dupla Zezé Di Camargo e Luciano, entre diversos outros artistas.