Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

PRINCESA ISABEL: Secretária de Educação se reúne motoristas da Rede Municipal de Ensino

PRINCESA ISABEL: Secretária de Educação se reúne motoristas da Rede Municipal de Ensino

A secretária de Educação, Cultura, Esporte, Lazer e Turismo, Ana Paula Nunes da...

Promotoria pode investigar padres afastados por supostos casos de exploração sexual, na PB

Promotoria pode investigar padres afastados por supostos casos de exploração sexual, na PB

Denúncias encaminhadas ao Ministério do Trabalho podem desencadear novas...

"Caixa 2 não é corrupção", diz Moro sobre fatiamento de projeto anticrime

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, admitiu que o governo cedeu...

João Azevêdo inaugura gasoduto da PBGás e liga 2ª maior termoelétrica do NE ao gás natural

João Azevêdo inaugura gasoduto da PBGás e liga 2ª maior termoelétrica do NE ao gás natural

Pauta PBO governador João Azevêdo participou, na manhã desta segunda-feira (18), do...

Flores: projeto de iluminação com energia solar chega a Fátima

Flores: projeto de iluminação com energia solar chega a Fátima

Arte: prefeitura de Flores Os moradores de Fátima, distrito de Flores foram...

 

Radialista Fabiano Gomes tinha sido preso após a operação Xeque-Mate, que investigou compra de mandato do então prefeito de Cabedelo, Paraíba — Foto: TV Cabo Branco/Reprodução/Arquivo

Foto: TV Cabo Branco/Reprodução/Arquivo

Por G1 PB

O Pleno do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) decidiu acatar um agravo interno movido pela defesa e conceder liberdade provisória ao radialista Fabiano Gomes, preso pela Operação Xeque-Mate. Fabiano Gomes é acusado de intermediar a compra do mandato do então prefeito de Cabedelo, Luceninha, por seu vice, Leto Viana.

 

À época da prisão, o advogado Rembrandt Asfora informou que o radialista foi conduzido à sede da Polícia Federal para prestar esclarecimentos sobre o descumprimento de uma das medidas cautelares decretadas contra ele na Operação Xeque-Mate.

O TJPB determinou que fosse expedido o alvará de soltura e Fabiano Gomes, que está preso na Penitenciária de Segurança Máxima Romeu Gonçalves Abrantes, o PB1, deve ser solto ainda hoje. Segundo o advogado Gustavo Botto, que integra a defesa de Fabiano, o TJPB considerou o argumento de que Fabiano não compareceu à Justiça por não ter recebido intimação para isso. Com isso, ele ganha a liberdade, mas voltar a ter que cumprir as medidas cautelares.

Além de ter que comparecer em juízo, entre os dias 1º e 10 de cada mês, Fabiano está proibido de deixar o território nacional, de ausentar-se dos limites das comarcas de João Pessoa e Cabedelo sem autorização judicial, manter contato presencial ou telefônico com testemunhas do proceso e ter acesso à prefeitura de Cabedelo.