Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Motorista perde controle de carro e capota em Patos

Motorista perde controle de carro e capota em Patos

Um acidente envolvendo um veículo foi registrado na tarde desta sexta-feira, 18 de...

Falta energia em 15 cidades do Cariri e Sertão; Energisa emite nota

Falta energia em 15 cidades do Cariri e Sertão; Energisa emite nota

Leia na integra a nota emitida pela empresaA Energisa informa que, desde a noite de...

PARCERIA: Fundação Lemann inicia atividades do Programa “Educando Pra Viver”, em Princesa Isabel

PARCERIA: Fundação Lemann inicia atividades do Programa “Educando Pra Viver”, em Princesa Isabel

A Fundação Lemann inicia no dia 23 de janeiro as atividades para a implantação do...

Polícia é recebida com disparo de arma de fogo em ponto de droga em Tabira

Polícia é recebida com disparo de arma de fogo em ponto de droga em Tabira

Ao realizar rondas e abordagens a equipe da ROCAM tomou conhecimento de um ponto de droga...

Assistência Social de Água Branca recepciona mães do Programa Criança Feliz

Assistência Social de Água Branca recepciona mães do Programa Criança Feliz

A Secretaria de Assistência Social e o CRAS de Água Branca, no Sertão da Paraíba,...

Prefeito Tom e o Secretário de Agricultura Gustavo, visitam criatórios de peixes 

 

Por Carlos Rocha

Uma criança de 11 anos foi vítima de um tiro acidental dado pelo próprio irmão, na noite desta segunda-feira (22), na cidade de Marcação, Litoral paraibano. O tiro partiu de uma espingarda popularmente conhecida como "soca soca".

A criança deu entrada no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, por volta das 20h30. De acordo com um dos socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência de Mamanguape, a bala entrou pela testa e não teve saída.

O tiro teria sido dado pelo próprio irmão da vítima enquanto manuseavam a arma.

Portal T5