Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Na noite desta terça-feira (23), dois bandidos provavelmente armado, tomaram um celular...

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB)...

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

Formadores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, participaram na tarde...

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Um Servidor Público, ocupante da função de Gari, morreu vítima de um infarto fulminante...

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

A Câmara de Vereadores de Patos arquivou na noite desta terça-feira (23) o processo de...

 

O ex-diretor da Cadeia Pública de Itaporanga e seu irmão foram condenados a prisão pelos crimes de peculato e corrupção passiva durante o exercício do cargo. Eles foram acusados de cobrar propina para transferir detentos e ainda por desviar insumos alimentícios destinados aos presos.
José Gilberto Ferreira, conhecido como Bertinho Moreira, que foi diretor da Cadeia entre os anos de 2012 a 2015, foi condenado a 15 anos e um mês de reclusão em regime inicialmente fechado pela prática de diversos crimes durante a sua gestão, dentre eles, a cobrança de propina para facilitar a transferência de presos.
O comerciante Gilcleneide Ferreira Leite, conhecido como Cleneide Moreira, que é irmão de Bertinho, foi condenado a nove anos e sete meses de prisão em regime inicialmente fechado. O juiz ainda detalhou em sua decisão que os réus poderão recorrer da decisão em liberdade.
O juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto, da comarca de Itaporanga, decidiu nesta quarta-feira (24) condenar os réus pelos crimes de peculato e corrupção passiva. Ficou determinado que o ex-diretor da cadeia e seu irmão devem começar a cumprir sua pena no Presídio Regional de Patos.
No ano de 2015, Bertinho Moreira chegou a ser preso. Ele cobrava R$ 250 às famílias para transferir os detentos. O caso passou a ser investigado após denúncias dos próprios familiares dos presos.
De acordo com a decisão, o diretor da cadeia ordenava a troca de produtos alimentícios enviados mensalmente pela Secretaria de Administração Penitenciária por outros produtos do mercadinho administrado por seu irmão, Cleneide. Os réus informaram que a troca era feita porque alguns produtos alimentícios eram insuficientes para todo o mês. O juiz entendeu que “não resta dúvida que os indiciados foram beneficiados com as supostas trocas de produtos, onde havia um superfaturamento dos produtos advindo do mercadinho do denunciado Gilcleneide em contrapartida aos produtos desviados da Cadeia Pública de Itaporanga”.
ClickPB