Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA CLIQUE NA IMAGEM ABAIXO E OUÇA A RÁDIO AO VIVO

Art Regina, Art com grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Motorista perde controle de carro e capota em Patos

Motorista perde controle de carro e capota em Patos

Um acidente envolvendo um veículo foi registrado na tarde desta sexta-feira, 18 de...

Falta energia em 15 cidades do Cariri e Sertão; Energisa emite nota

Falta energia em 15 cidades do Cariri e Sertão; Energisa emite nota

Leia na integra a nota emitida pela empresaA Energisa informa que, desde a noite de...

PARCERIA: Fundação Lemann inicia atividades do Programa “Educando Pra Valer”, em Princesa Isabel

PARCERIA: Fundação Lemann inicia atividades do Programa “Educando Pra Valer”, em Princesa Isabel

A Fundação Lemann inicia no dia 23 de janeiro as atividades para a implantação do...

Polícia é recebida com disparo de arma de fogo em ponto de droga em Tabira

Polícia é recebida com disparo de arma de fogo em ponto de droga em Tabira

Ao realizar rondas e abordagens a equipe da ROCAM tomou conhecimento de um ponto de droga...

Assistência Social de Água Branca recepciona mães do Programa Criança Feliz

Assistência Social de Água Branca recepciona mães do Programa Criança Feliz

A Secretaria de Assistência Social e o CRAS de Água Branca, no Sertão da Paraíba,...

Prefeito Tom e o Secretário de Agricultura Gustavo, visitam criatórios de peixes 

 

O ex-diretor da Cadeia Pública de Itaporanga e seu irmão foram condenados a prisão pelos crimes de peculato e corrupção passiva durante o exercício do cargo. Eles foram acusados de cobrar propina para transferir detentos e ainda por desviar insumos alimentícios destinados aos presos.
José Gilberto Ferreira, conhecido como Bertinho Moreira, que foi diretor da Cadeia entre os anos de 2012 a 2015, foi condenado a 15 anos e um mês de reclusão em regime inicialmente fechado pela prática de diversos crimes durante a sua gestão, dentre eles, a cobrança de propina para facilitar a transferência de presos.
O comerciante Gilcleneide Ferreira Leite, conhecido como Cleneide Moreira, que é irmão de Bertinho, foi condenado a nove anos e sete meses de prisão em regime inicialmente fechado. O juiz ainda detalhou em sua decisão que os réus poderão recorrer da decisão em liberdade.
O juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto, da comarca de Itaporanga, decidiu nesta quarta-feira (24) condenar os réus pelos crimes de peculato e corrupção passiva. Ficou determinado que o ex-diretor da cadeia e seu irmão devem começar a cumprir sua pena no Presídio Regional de Patos.
No ano de 2015, Bertinho Moreira chegou a ser preso. Ele cobrava R$ 250 às famílias para transferir os detentos. O caso passou a ser investigado após denúncias dos próprios familiares dos presos.
De acordo com a decisão, o diretor da cadeia ordenava a troca de produtos alimentícios enviados mensalmente pela Secretaria de Administração Penitenciária por outros produtos do mercadinho administrado por seu irmão, Cleneide. Os réus informaram que a troca era feita porque alguns produtos alimentícios eram insuficientes para todo o mês. O juiz entendeu que “não resta dúvida que os indiciados foram beneficiados com as supostas trocas de produtos, onde havia um superfaturamento dos produtos advindo do mercadinho do denunciado Gilcleneide em contrapartida aos produtos desviados da Cadeia Pública de Itaporanga”.
ClickPB