Pesquisa no Blog

Pesquisa no Google

 
bove=""

 

PADRE DJACY BRASILEIRO

NA LUTA CONSTANTE EM FAVOR

DA CLASSE MENOS FAVORECIDA 

Rádio Web

KM JUREMA

Org. Pauliano Tomaz

Art Regina, Art com Grafite

Comunicação Audiovisual -Tavares/PB.

 Fone: (83) 9 9869-8213. Hélio Mendes.

STAR FOTO E VÍDEO

 

By Fábio Arrud@&Silvan@

Praça Coronel José Pereira -04

Centro-Princesa Isabel - PB

CONTATO: 041 83 999463213

         FECEBOOK

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Bandidos armados tomam celular de jovem no Povoado Jurema, em Tavares.

Na noite desta terça-feira (23), dois bandidos provavelmente armado, tomaram um celular...

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

CCJ aprova por unanimidade lei de Wilson Filho que cria Mês de Enfrentamento às Drogas na PB

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB)...

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

FUNDAÇÃO LEMANN: I FORMAÇÃO ACONTECE ATRAVÉS DE VÍDEO CONFERÊNCIA EM PRINCESA ISABEL

Formadores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática, participaram na tarde...

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Gari sofre infarto fulminante quando fazia limpeza de praça central, na cidade de Diamante

Um Servidor Público, ocupante da função de Gari, morreu vítima de um infarto fulminante...

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

Comissão da CMP livra prefeito Dinaldinho de cassação e arquiva denúncias

A Câmara de Vereadores de Patos arquivou na noite desta terça-feira (23) o processo de...

 

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) denunciou o prefeito de São José de Piranhas, Francisco Mendes Campos, junto ao Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) por ter violado a Lei de Licitações (Lei nº 8666/93). Segundo a denúncia da Comissão de Combate aos Crimes de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa do MPPB, o prefeito dispensou indevidamente licitação e contratou diretamente, no exercício de 2017, José Miliano de Sousa, com o salário de R$ 16.560,05.

O relator do processo que está tramitando é o desembargador Mário Murilo da Cunha Ramos. Segundo a investigação, a dispensa indevida de licitação foi executada através de fracionamento irregular de despesas. Os contratos eram referentes a consultorias destinadas à Secretaria de Assistência Social e deveriam ter sido contratados globalmente.

O prefeito continuou fracionando indevidamente as despesas em 2018, segundo aponta a denúncia, e contratou diretamente o mesmo fornecedor e lhe pagou, até junho, o valor total de R$ 10.710,00.

De acordo com o MPPB, o prefeito de São José de Piranhas, ao adquirir serviços diretamente, violou a regra obrigatória da licitação, manteve o preço proposto pelo fornecedor, quitando em patamar máximo a margem de lucro alcançada por ele.

Segundo o artigo 89 da Lei de Licitações, é crime dispensar ou inexigir licitação fora das hipóteses previstas em lei, ou deixar de observar as formalidades pertinentes à dispensa ou à inexigibilidade. A pena é de detenção, de três a cinco anos, e multa.


Fonte Ascom MPPB